Duncan Jones, filho de David Bowie e diretor da adaptação de Warcraft, afirma que mais pessoas passaram a apreciar o filme. No entanto, sequências ainda são improváveis.

Em 2016, o filme fez US$ 433 milhões na bilheteria mundial, um número bastante expressivo. O próprio diretor tinha planos para, pelo menos, duas sequências.

O comentário foi feito ao Collider. Além disso, as tramas dariam mais destaque para Gul’dan e Thrall.


“Seria bem especial. É uma infelicidade agora, você tenta ir e tenta tocar nessas coisas. Eu fiz o filme da melhor forma que consegui, esperando que houvesse uma conexão com a audiência. Eu acho que com o passar do tempo, as pessoas passaram a gostar mais, talvez mais que as críticas que fizeram quando foi lançado. Mas, infelizmente, não acho que vamos fazer mais filmes”, declarou Jones.

Warcraft não foi bem recebido nos EUA, onde fez apenas US$ 47 milhões. Mas, ao redor do mundo teve o enorme rendimento de US$ 386 milhões. Mesmo assim, não foi o suficiente para convencer o estúdio.

Warcraft – O Primeiro Encontro de Dois Mundos foi diretamente baseado no popular game World of Warcraft. A história segue um povo Orc que procura uma nova terra para viver. Os personagens chegam em Azeroth, um local pacífico que se transforma em um campo de guerra pela sobrevivência.