A nova fase de Star Wars na Disney tem recebido uma recepção divisiva, e atingiu um ponto decisivo no ano passado quando a saga teve seu primeiro fracasso. Han Solo: Uma História Star Wars teve críticas medianas e uma bilheteria bem abaixo de seus antecessores.

Em entrevista para o The Hollywood Reporter, o CEO da Disney, Bob Iger, admite que a pressa em ter muitos filmes de Star Wars em pouco tempo foi um grande erro.

“Olhando para trás, acho que o erro que fiz – e eu assumo a culpa – foi fazer muita coisa, muito rápido. Você pode esperar uma pausa, mas não significa que não faremos mais filmes. J.J. Abrams tem o Episódio IX. Temos entidades criativas, incluido David Benioff e D.B. Weiss, que desenvolvem sagas próprias. Mas acho que precisamos ter um pouco mais de cuidado com timing e quantidade. E isso para aí”, diz Iger.


Star Wars: A Ascensão Skywalker traz veteranos da franquia como Carrie Fisher (que terá imagens de arquivo utilizadas), Mark Hamill, Billy Dee Williams e Anthony Daniels.

Eles se juntam ao elenco formado por Daisy Ridley, John Boyega, Oscar Isaac, Adam Driver, Kelly Marie Tran, Naomie Ackie, Dominic Monaghan, Keri Russell e Joonas Suotamo.

Star Wars: A Ascensão Skywalker, estreia nos cinemas brasileiros em 19 de dezembro.