Uma estátua em homenagem ao Homem-Aranha foi confundida com um símbolo de adoração ao Diabo, em Lincoln, no estado de Nebraska (EUA). Veja abaixo.

Como revelado pelo jornal Star, a estátua, que traz as duas mãos do herói soltando teia, foi colocada no zoológico da cidade. No entanto, uma moradora achou que a obra estava retratando o demônio e enviou uma carta para o prefeito Leirion Gaylor Baird, pedindo a retirada.

“É uma estátua com duas mãos abertas, em vermelho e preto, fazendo os chifres do Diabo. É um crime de ódio contra a Igreja”, escreveu a mulher.


A prefeitura prontamente respondeu, explicando que trata-se de um herói. Por vezes, o Homem-Aranha usa vermelho e preto e em outras, vermelho e azul.

A estátua faz parte do projeto Serving Hands, que ajuda os artistas locais. A obra do Homem-Aranha foi de autoria de Ian Anthony Laing, que tem o herói como o seu preferido.

No momento, Homem-Aranha: Longe de Casa está em cartaz nos cinemas.