O Segredo de Brokeback Mountain foi um dos grandes filmes de 2005, ganhando o Oscar de Melhor Direção e – injustamente – perdendo Melhor Filme para o controverso Crash: No Limite. Foi um também um dos filmes com representação LGTBQ mais forte de sua época.

Em entrevista para o Sunday Today, Jake Gyllenhaal relembrou o impacto do filme, e ainda elogiou o falecido Heath Ledger, seu colega de elenco no premiado drama de Ang Lee.

“Eu vejo algumas pessoas que fizeram piada com isso, ou me criticaram sobre algumas falas que eu digo no filme – e eu amo isso sobre o Heath. Ele nunca fazia piada. Alguém queria fazer uma piada sobre a história, ou coisa do tipo, e ele falava, ‘Não. Isso é sobre amor, não, cara'”, relembra o ator.


“Esse filme abriu muitas portas. Foi uma loucura, foi incrível. Ele definiu minha carreira de muitas formas diferentes”, diz Gyllenhaal.

Tanto Jake Gyllenhaal quanto Heath Ledger foram indicados ao Oscar em 2006.