Ao longo de sua longa carreira, Sylvester Stallone deu vida a diversos personagens icônicos, mas o maior deles é com certeza Rocky Balboa, lutador de boxe criado e interpretado pelo ator e diretor.

Porém, Stallone revelou em entrevista para a Variety que não tem o controle, e nem participação nos direitos da longa franquia de boxe.

“Eu disse isso algumas vezes depois que Rocky II estreou e fez muito dinheiro, e então Rocky III saiu e fez mais dinheiro do que todos eles. Aí eu disse que queria ter algum controle, há que eu inventei. E isso nunca aconteceu. Então eu tenho zero controle sobre Rocky”, revela Stallone.


“Eu acho que havia um certo código de conduta comercial, talvez não muito agora, mas lá na época, onde você não mexia nas penas da galinha de ouro. O estúdio é o poder, a agência depende muito deles e os advogados fazem a medição. Quando eu finalmente os confrontei, antes de Rocky IV em 1985, eu disse, ‘Não incomoda vocês que eu escrevi cada palavra, eu coreografei, eu fui leal a vocês, eu promovi, dirigi e não tenho nem 1% para deixar a meus filhos?’ E eles falam, ‘Você foi pago’. E esse foi o fim da conversa”, diz o ator.

O último filme da franquia lançado nos cinemas foi Creed II, derivado focado no personagem de Michael B. Jordan, que é treinado por Rocky Balboa.