Enquanto a confusão provocada pela notícia de que a Sony Pictures e a Marvel Studios finalizaram seu acordo do Homem-Aranha, detalhes sobre os bastidores vão sendo revelados.

De acordo com o io9, uma das questões discutidas no impasse entre os dois estúdios esteve relacionada a créditos nas produções. Foi revelado que Kevin Feige, o presidente da Marvel Studios, teve contribuições não creditadas no filme solo de Venom, lançado em 2018.

A contribuição de Feige não foi detalhada.


Tom Hardy e Michelle Williams reprisarão seus papéis na continuação de Venom, que deve trazer o Carnificina de Woody Harrelson como principal antagonista.

Andy Serkis (Mogli: Entre Dois Mundos) vai dirigir o filme.

Venom 2 tem estreia prevista para 2 de outubro de 2020.