A DC e a Marvel estão mesmo conectadas. O criador de Thanos, Jim Starlin, revelou nesta quarta-feira, 14, que o fracasso de Liga da Justiça (2017) nos cinemas deixou ele receoso com o sucesso – ou não – de Vingadores: Guerra Infinita.

Em entrevista ao CinemaBlend, Starlin revelou que seu receio se voltava especialmente para a introdução do O Lobo da Estepe, que foi mal aproveitado e muito criticado em Liga da Justiça.

Starlin tinha medo que o mesmo acontecesse com Thanos em Vingadores: Guerra Infinita.


“Joe Russo [Co-diretor] me ligou um mês antes de Vingadores: Guerra Infinita estrear, dizendo ‘Bem, temos que falar sobre algumas coisas, sobre como Thanos teria uma origem, porque se a gente colocar isso no filme ele vai ter duas horas e meia, e eles [Marvel] querem apenas duas horas neste.'”, disse Starlin.

“Eu tinha cometido o erro de assistir Liga da Justiça uma semana antes dessa conversa. Quando ele [Joe Russo] me disse isso, comecei a pensar ‘Vai ser igual a Liga da Justiça, quando Thanos aparecer…’ e eu fiquei desesperado”, revelou Starlin.

Jim Starlin está se referindo a origem de Thanos, que foi cortada de Vingadores: Guerra Infinita para dar mais dinâmica ao filme. Mesmo assim, na época, Starlin teve o receio de que cortar estas cenas poderia tornar o personagem de Thanos raso, como o O Lobo da Estepe acabou sendo em Liga da Justiça.

Vingadores: Guerra Infinita e Vingadores: Ultimato estão disponíveis em versão digital e em Blu-ray.