A polêmica envolvendo Era Uma Vez em Hollywood e o retrato de Bruce Lee continua. Agora, a filha do falecido artista marcial, Shannon, falou mais uma vez à Variety.

Após Quentin Tarantino defender o retrato de Lee no filme, onde é visto como arrogante e convencido, Shannon Lee sugere que o diretor peça desculpas. Ou fique quieto.

Ele poderia calar a boca sobre isso. Isso seria muito legal. Ou ele poderia se desculpar ou falar, ‘Eu não sei como o Bruce Lee era de verdade. Eu só escrevi para o meu filme. Mas isso não deve ser levado em consideração sobre como ele era de verdade'”, diz Lee.


“Um dos aspectos problemáticos da resposta dele é que, por um lado, ele quer que isso seja um fato. Mas no outro, ele quer ficar na ficção”, explica.

“Tarantino pode retratar Bruce Lee da forma como quiser, e ele o fez. Mas é um pouco insincero da parte dele dizer, ‘Bem, ele era assim, mas isso é um filme de ficção, então não se preocupem demais com isso”, complementa.

Em Era Uma Vez em Hollywood, a dupla Leonardo DiCaprio e Brad Pitt toma a frente, interpretando, respectivamente, um ator de TV em decadência e seu dublê na Los Angeles de 1969.

Além de Brad Pitt e Leonardo DiCaprio; Timothy Olyphant, Luke Perry, Damian Lewis, Dakota Fanning, Margaret Qualley, Al Pacino, Emile Hirsch, Clifton Collins Jr, Austin Butler, Michael Madsen, Keith Jefferson, Mike Moh, Nicholas Hammond, Bruce Dern e Margot Robbie completam o elenco.

Era Uma Vez em Hollywood estreia nos cinemas brasileiros em 15 de agosto.