Joaquin Phoenix não aceitou o papel de Coringa, para o filme solo do vilão, assim que foi convidado. O ator confessou em entrevista para Total Film que teve medo.

Esse, até o momento, foi o único motivo citado pelo astro para demorar para aceitar o papel. Joaquin Phoenix não explicou o que o fez sentir medo de ser o Coringa.

“Levou um tempo para eu me comprometer. Agora, eu olho para trás e não sei o motivo. Tinha muito medo, sim”, contou o ator.


Coringa é o primeiro papel de Joaquin Phoenix no mundo dos quadrinhos. Antes, o ator foi convidado para ser o Hulk e o Doutor Estranho, ambos da Marvel, mas recusou os dois trabalhos.

“Mas, eu sempre digo que há o medo que motiva e há o medo que debilita. Tem o medo que você não consegue dar um passo e tem o medo onde você fica, ‘Ok, o que fazemos? Não é bom o suficiente’. E você começar ir cada vez mais fundo. Eu amo esse tipo de medo. Isso nos guia, nos faz trabalhar mais”, completou Joaquin Phoenix.

Protagonizado por Joaquin Phoenix, o filme do Coringa, da DC, tem ainda no elenco Robert De Niro, Bill Camp (Operação Red Sparrow, A Grande Jogada), Frances Conroy (American Horror Story, Castle Rock), Brett Cullen (42, Narcos), Glenn Fleshler (Billions, Barry), Douglas Hodge (Operação Red Sparrow, Penny Dreadful), Marc Maron (Maron, GLOW), Josh Pais (Motherless Brooklyn, Going in Style), e Shea Whigham (O Primeiro Homem, Kong: A Ilha da Caveira).

Todd Phillips (Se Beber, Não Case!) dirige o filme e também assina o roteiro ao lado de Scott Silver (O Vencedor). A produção ainda conta com o astro Bradley Cooper.

Coringa estreia no nos cinemas brasileiros em 3 de outubro.