Grandes nomes do mundo do entretenimento estão tomando partido no rompimento entre a Disney e a Sony e a saída do Homem-Aranha do MCU.

Um deles foi Todd McFarlane, criador de Venom. Em uma convenção de fãs, o artista falou sobre a polêmica.

“Se você é a Netflix, Hulu, Amazon e HBO e percebe que esses filmes dos Vingadores estão fazendo tanto sucesso, você também quer essa parada de histórias em quadrinhos. Eles têm que pegar uma caneta e riscar as 94 propriedades mais importantes. Porque se eles não forem a Disney ou a Warner, nunca vão conseguir”, afirmou McFarlane.


O co-criador de Venom também afirmou que executivos de Hollywood estão adquirindo direitos sobre HQs que ainda nem foram lançadas, esperando lucrar com o sucesso das histórias de super-heróis.

O último filme do Homem-Aranha no MCU foi Longe de Casa.