Há muitas teorias na internet que buscam conexões de Coringa com outros filmes da DC. No entanto, o longa do vilão é único e a versão de Joaquin Phoenix não deve aparecer nas tramas de outros personagens, como em The Batman.

A afirmação é feita pelo diretor Todd Phillips ao Cinema Blend. O cineasta quis deixar claro que o Coringa não está no DCEU, universo de filmes da DC.

Todd Phillips tinha outro plano ao comandar Coringa, que era de criar um selo de filmes da DC voltado para produções independentes. A editora ainda não se pronuncia sobre como fica esse planejamento.


“Não é conectado ao universo da DC. E a intenção realmente é que não seja. Eu digo, a ideia original de quando eu fui para Warner Bros não era fazer apenas um filme, mas um selo – espécie de um lado de um selo, onde você pode fazer esse estudo do personagem, de baixo orçamento, onde um cineasta vem e se aprofunda nisso. Então, não é para se conectar e eu não vejo conectando no futuro. Eu acho que é apenas um filme, sabe?”, declarou o diretor.

O filme do Coringa, da DC, traz Joaquin Phoenix como o vilão do título, Robert De Niro e ainda Zazie Beetz (Atlanta), Bill Camp (Operação Red Sparrow, A Grande Jogada), Frances Conroy (American Horror Story, Castle Rock), Brett Cullen (42, Narcos), Glenn Fleshler (Billions, Barry), Douglas Hodge (Operação Red Sparrow, Penny Dreadful), Marc Maron (Maron, GLOW), Josh Pais (Motherless Brooklyn, Going in Style), e Shea Whigham (O Primeiro Homem, Kong: A Ilha da Caveira).

Todd Phillips (Se Beber, Não Case!) dirige o filme e também assina o roteiro ao lado de Scott Silver (O Vencedor). A produção ainda conta com o astro Bradley Cooper.

Coringa estreia nos cinemas brasileiros em 3 de outubro.