O filme de origem do Coringa coleciona elogios em sua passagem por festivais de cinema, com a performance de Joaquin Phoenix sendo aclamada como uma das melhores de sua invejável carreira. Mas há um aspecto que não agradou ao ator.

Durante entrevista para o The New York Times, o diretor Todd Phillips revela que Phoenix não era muito fã da inclusão de Thomas Wayne na história do filme.

“Joaquin nunca gostou de dizer o nome de Thomas Wayne. Seria bem mais fácil para ele se o filme fosse chamado ‘Arthur’ e não tivesse nada a a ver com essas coisas. Mas à medida do processo, eu acho que ele entendeu e passou a gostar”, disse Phillips.


Na mesma entrevista, Phoenix argumentou que seu personagem deveria ter uma massa corporal diferente, mais pesada, mas o diretor insistiu para que o ator perdesse peso.

O filme do Coringa, da DC, tem ainda Zazie Beetz (Atlanta), Robert De Niro, Bill Camp (Operação Red Sparrow, A Grande Jogada), Frances Conroy (American Horror Story, Castle Rock), Brett Cullen (42, Narcos), Glenn Fleshler (Billions, Barry), Douglas Hodge (Operação Red Sparrow, Penny Dreadful), Marc Maron (Maron, GLOW), Josh Pais (Motherless Brooklyn, Going in Style), e Shea Whigham (O Primeiro Homem, Kong: A Ilha da Caveira).

Todd Phillips (Se Beber, Não Case!) dirige o filme e também assina o roteiro ao lado de Scott Silver (O Vencedor). A produção ainda conta com o astro Bradley Cooper.

Coringa estreia nos cinemas brasileiros em 3 de outubro.