Rambo: Até o Fim, quinto filme da famosa franquia, chegou aos cinemas e a crítica especializada deu o seu veredito. Para muitos, o longa decepcionou.

A história do filme começa com o veterano de guerra, vivido por Sylvester Stallone, aposentado. Rambo volta mais uma vez a ação quando a sua neta adotiva é sequestrada e colocada em um esquema de tráfico sexual no México.

Os comentários são de que Rambo tem uma trama “extremamente patriota” e “ofensiva” ao trazer estereótipos de mexicanos. Alguns também questionam a necessidade do quinto filme, que possivelmente pode ser o último da franquia.


“O filme se desenrola entre elementos cansativos até os minutos finais. Construído com uma estética de novela de baixo orçamento e preenchido com uma trilha sem criatividade. Até o Fim parece um tributo de fã feito para apenas ser estrelado por ele”, afirma o Indie Wire.

“A série de Rambo segue o seu rastro de ultra violência, caracterização superficial e políticas irresponsáveis em Rambo: Até o Fim. Um filme mais grotesco do que de horror, e com alguma ação durona, e tudo infelizmente, soa como uma fantasia sombria de um jovem irritado”, observa o IGN.

“O roteiro, co-escrito por Stallone e Matthew Cirulnick, parece desleixado e genérico, dando a impressão de um piloto de Rambo para TV do que de uma despedida”, cita a The Hollywood Reporter, que espera que o astro “leve mais a sério” a produção se decidir fazer mais um filme da franquia.

Rambo: Até o Fim é um passo para trás em comparação aos predecessores. Mal é um filme do Rambo, ao invés é uma operação genérica de um homem enviado para matar que acontece para estrelar um ícone da cultura pop. É agressivamente irrelevante e um filme irreconhecível de uma franquia que tentou ao menos justificar os outros como eventos. Rambo 5 não pode ser comparado com os predecessores ou a franquia de ação que o inspirou”, escreve a Forbes.

“O tempo passou para Rambo (Sylvester Stallone), que agora vive recluso em um rancho na fronteira entre os Estados Unidos e o México. Sua vida marcada por lutas violentas ficou para trás, mas deixou marcas irreparáveis. No entanto, quando uma jovem amiga da família é sequestrada, Rambo precisará confrontar seu passado e reviver suas habilidades de combate para enfrentar um dos mais perigosos cartéis mexicanos. A busca logo se transforma em uma violenta caçada por justiça, onde nenhum criminoso será perdoado”, diz a sinopse do novo filme.

O elenco ainda conta com Paz Vega (The OA), Óscar Jaenada (Piratas do Caribe: Navegando em Águas Misteriosas), Sergio Peris-Mencheta (Resident Evil 4: Recomeço), Yvette Monreal (NCIS), Adriana Barraza (Thor) e Joaquín Cosio (007 – Quantum of Solace).

A direção é de Adrian Grunberg (Plano de Fuga), com roteiro assinado por Matthew Cirulnick e pelo próprio protagonista.

Rambo: Até o Fim está em cartaz nos cinemas.