Em 2018, chegou aos cinemas o filme Bohemian Rhapsody, contando a trajetória da banda Queen e também da vida pessoal de Freddie Mercury.

O longa foi um sucesso de bilheteria e, obviamente, isso abriu as possibilidades para uma sequência.

Agora, um novo filme contando os últimos instantes da vida de Freddie está sendo debatido, mas a ideia não está agradando a todos.


Em entrevista ao site New Musical Express, o empresário e amigo pessoal do músico, Peter Freestone, repudiou a possibilidade de um novo projeto abordando a morte do cantor.

“Eu não gosto da ideia da existência de um ‘Bohemian Rhapsody 2. Independentemente do que coloquem no filme, precisaria mostrar uns 20 minutos ou meia-hora do Freddie morrendo e ninguém precisa disso. Mesmo que já tenham se passado 28 anos, ver isso na minha cara não é algo necessário. E qual pessoa sã precisaria ver algo assim?”

Dirigido por Dexter Fletcher e estrelado por Rami Malek, Bohemian Rhapsody chegou no Brasil em 1º de novembro de 2018, e faturou ao todo US$ 903 milhões em bilheteria.