Na década de 90, o então ator mirim Jason Weaver, com menos de 15 anos, recebeu um convite da Disney para dublar O Rei Leão. Weaver dublaria e cantaria as músicas do pequeno Simba pelo valor de US$ 2 milhões, mas recusou o salário.

Guiado pela mãe, Weaver acreditava que um pagamento envolvendo royalties seria mais vantajoso que um salário. Mas se deu mal.

“Foi numa época em que a Disney negociava dessa maneira. A Disney tinha uma reputação de relançar as coisas. Minha mãe pensou que renderia muito mais dinheiro a longo prazo”, disse o dublador ao canal Vlad TV.


Com esse novo acordo, o ator acabou tomando um belo “prejuízo” por O Rei Leão. Em vez de US$ 2 milhões da Disney, recebeu somente US$ 100 mil por sua dublagem na clássica animação.

Mas Weaver não é pessimista. Acredita que, com seus royalties, o valor um dia pode superar os US$ 2 milhões que recusou: “Teria sido o pior erro da minha carreira.”

O Rei Leão estreou em 1994, arrancando aplausos de público e crítica. A Disney recentemente relançou uma versão mais moderna do clássico, que até foi bem-sucedida, mas não agradou tanto quanto o original.