Desde o final de Harry Potter, fãs criam incríveis teorias sobre o que está nas entrelinhas dos livros de JK Rowling. Uma delas, afirma que Dumbledore na verdade é Rony viajando no tempo, e foi explicada nesta semana pelo site Screen Rant.

A teoria surgiu nos anos 2000, a afirmava que o diretor de Hogwarts é uma versão idosa do garoto Weasley, e que o jovem viveu sua vida inteira e voltou ao passado como idoso.

A evidência apresentada era questionável: os dois eram descritos nos livros como altos, magros e com narizes longos, Ron era ruivo e Dumbledore também na juventude, Dumbledore tinha uma cicatriz na perna esquerda e Rony quebrou a perna esquerda em Prisioneiro de Azkaban.


No entanto, a teoria foi logo desconsiderada quando a história de Dumbledore foi expandida e o público pôde conhecer detalhes sobre a vida do diretor de Hogwarts antes dele assumir o cargo, incluindo sua família.

O mundo de Harry Potter retorna aos cinemas em 2021, com Animais Fantásticos 3.