ALERTA DE SPOILERS

Zumbilândia: Atire Duas Vezes, assim como seu predecessor, criou novas maneiras incríveis de matar zumbis.

Esses momentos sangrentos definem muito do tom cômico do filme e ajudam a franquia a se destacar do saturado gênero de mortos-vivos no cinema.


O novo longa se supera ao introduzir o que talvez seja a matança de zumbis mais exagerada de todos os tempos.

No primeiro filme, temos o prêmio de “Morte da Semana” para quem matasse mortos-vivos de forma mais criativa.

Já no segundo, as coisas vão além com o prêmio de “Morte do Ano”, e essa honra foi dada a um italiano que vive na cidade de Pisa.

Ele atrai um grupo de três zumbis para atacar uma família de “turistas” que na verdade são apenas manequins. Os monstros carregam os manequins e ficam distraídos tentando comê-los.

Isso dá ao homem a chance de chegar até a Torre Inclinada de Pisa, e ele derruba o monumento mundialmente famoso diretamente em cima dos mortos-vivos.

O mais impressionante é que isso não foi feito como um esforço de última hora. Esse homem teve a ideia e planejou tudo perfeitamente para executar seu plano.

Zumbilândia: Atire Duas Vezes está em exibição nos cinemas brasileiros.