O CEO da Disney, Bob Iger, decidiu responder às críticas de Martin Scorsese e Francis Ford Coppola, diretores veteranos que criticaram os filmes de herói da Marvel recentemente.

Em entrevista ao Wall Street Journal, Bob Iger reconheceu a importância de Martin Scorsese e Francis Ford Coppola para o cinema, mas também deixou clara a sua opinião sobre as declarações.

“Quando Francis [Coppola] usa as palavras, ‘esses filmes são desprezíveis’ Eu gostaria de reservar a palavra ‘desprezível’ para alguém que cometeu assassinato em massa. Não entendo porque eles estão nos criticando quando estamos fazendo filmes que as pessoas obviamente estão gostando e são milhões de pessoas. Eu fico intrigado com isso. Se eles querem reclamar sobre filmes eles certamente estão no direito, não me incomoda, mas eu fico incomodado pelas pessoas que fazem esses filmes”, criticou Bob Iger.


O CEO da Disney ainda voltou a defender os cineastas da Marvel, citando o diretor de Pantera Negra, Ryan Coogler.

“Acho muito desrespeitoso com as pessoas que trabalham nesses filmes, que estão trabalhando tão duro quanto as que trabalham nos filmes deles [Coppola e Scorsese] e estão colocando suas almas criativas na linha, do jeito que elas são. Você está me dizendo que Ryan Coogler fazendo Pantera Negra está fazendo algo que é de certa forma menor que algo que Martin Scorsese e Francis Ford Coppola fizeram em seus filmes? Fala sério”, disse o CEO da Disney.

Martin Scorsese ganhou os jornais mundiais ao chamar os filmes da Marvel de “Parques de diversão”, enquanto Coppola classificou as obras da Marvel como “desprezíveis”.