A Marvel Studios surpreendeu ao anunciar que Natalie Portman retornaria como Jane Foster para Thor: Amor e Trovão, quarto filme do herói que agora colocará sua personagem como a nova portadora do martelo Mjolnir.

Nos quadrinhos, isso acontece porque Jane está morrendo de câncer de mama, e o contato com os poderes de Thor melhora sua saúde, além de garantir seu posto como a Poderosa Thor. Mas talvez não seja assim no cinema.

Em entrevista para a Variety, o diretor e roteirista Taika Waititi falou sobre o vindouro filme, e que não tem certeza se todos os elementos da história original estarão presentes na adaptação.


“Eu acho que essa é uma parte bem poderosa dos quadrinhos. Eu acho legal que ela está lutando com essa coisa, e então tem duas batalhas acontecendo. Pessoalmente, eu amo essa história. Mas se vai acabar no filme ou não, ainda precisamos ver”, diz Waititi.

“Não temos certeza se vamos fazer uma adaptação completa dessa história. Essas coisas mudam nas gravações, e até mesmo durante a montagem. Tipo, ‘vamos tirar essa narrativa onde ela tem câncer. Vamos troar para algo diferente, ou talvez ela esteja bem'”, explica.

O novo filme do Deus do Trovão conta com os retornos de Chris Hemsworth, Tessa Thompson e Natalie Portman. Taika Waititi (Thor: Ragnarok) escreve e dirige o filme.

Thor: Amor e Trovão chega aos cinemas em 5 de novembro de 2021.