ATENÇÃO: Contém spoilers de El Camino: A Breaking Bad Film

Uma das grandes surpresas que El Camino: A Breaking Bad Film é uma cena de flashback que traz de volta o icônico Walter White de Bryan Cranston, que contracena com o Jesse Pinkman de Aaron Paul.

Em entrevista para a Entertainment Weekly, o diretor e roteirista Vince Gilligan falou sobre a verdadeira loucura que foi trazer Cranston de volta para a cena, que foi extremamente vigiada.


“Meu Deus. Vou te contar, foi apropriado que isso tenha acontecido no estado do Novo México, porque eu não acho que tenha tido tanto mistério em um projeto desde o Projeto Manhattan. Meu Deus! Estamos no estado certo pra isso, pensando agora. E dou todo o crédito para meus produtores e nossa equipe. Eles reservaram um jatinho particular para trazer o Bryan Cranston. Ele só tinha 36 horas para fazer isso, no meio da passagem dele pela Broadway, de Rede de Intrigas. E ele disse, ‘eu consigo'”, conta Gilligan.

“Ele só tinha 36 horas para fazer tudo. Ele voou, chegou no aeroporto de Albuquerque. Provavelmente colocaram um saco na cabeça dele, correram com ele para um carro de janelas escuras e o levaram para a casa que alugaram. A quantidade de segredo foi impressionante, mas tínhamos apenas um dia para gravar tudo”, explica o diretor.

A trama do filme de Breaking Bad acompanha Jesse enquanto ele “foge de seus captores, da lei e de seu passado”, como descreve a Netflix.

El Camino, título do longa, é o nome do mesmo Chevrolet de 1978 que pertenceu a Todd (Jesse Plemons), usado por Jesse para fugir do complexo da supremacia branca, onde foi mantido em cativeiro por Jack Welker (Michael Bowen) como escravo.

El Camino: A Breaking Bad Film já está disponível na Netflix.