Um funcionário que fez um gesto controverso representando um símbolo de ódio foi demitido da Universal Orlando, o famoso complexo de parques temáticos.

A demissão acontece depois que uma família do Colorado descobriu um personagem fazendo o símbolo do ódio no ombro de sua filha birracial de 6 anos em fotos e vídeos de sua viagem à Universal Orlando, que ocorreu em março.

Conforme relatado pelo USA Today, Tiffiney Zinger descobriu o símbolo de ódio ao recuperar fotos das férias em família para sua filha usar em um projeto de segunda classe.


Ao olhar as fotos, ela descobriu que o ator vestido como Gru, de Meu Malvado Favorito, havia formado um símbolo de “OK” de cabeça para baixo com os dedos.

O símbolo é reconhecido pela Liga Anti-Difamação e outras organizações como símbolo de ódio, significando “poder branco”.

Veja a imagem mais abaixo.

Depois de descobrir o símbolo, a família procurou a Universal e foi informada de que uma investigação estava em andamento. Depois de um mês sem ouvir nada, eles entraram em contato novamente e foram informados de que o status da investigação era de informações sigilosas e receberam novos ingressos gratuitos e um vale-presente.

Agora, o porta-voz da Universal Orlando, Tom Schroder, revelou que o ator não trabalha mais no parque em um comunicado.

“Não queremos que nossos hóspedes experimentem o que essa família experimentou. Isso não é aceitável e lamentamos – e estamos tomando medidas para garantir que nada disso aconteça novamente. Não podemos discutir detalhes sobre esse incidente, mas podemos confirmar que o ator não trabalha mais aqui. Permanecemos em contato com a família e trabalharemos com eles em particular para corrigir isso”, disse.