Martin Scorsese criticou os filmes baseados em quadrinhos no início deste mês – em especial os da Marvel – apesar de estar creditado como produtor de Coringa. Porém, ao que tudo indica, o envolvimento dele no longa não foi tão grande assim.

Segundo o The Hollywood Reporter, uma fonte na Warner Bros afirmou que apesar de aparecer como produtor de Coringa, Martin Scorsese deixou o projeto ainda em fase inicial.

Ainda segundo as fontes, Martin Scorsese largou todas as obrigações de produtor para sua sócia, Emma Tillinger Koskoff, o que significa que ele sequer interferiu na trama de Coringa.


Essa informação é coerente com a declaração de Martin Scorsese nas  últimas semanas, onde ele criticou os filmes de super-herói e afirmou que eles, “não são cinema”.

Coringa está em exibição nos cinemas.