Filmar O Farol foi um trabalho árduo para o diretor Robert Eggers, sua equipe e principalmente para os atores Robert Pattinson e Willem Dafoe.

Em entrevista para a revista Esquire, Pattinson revelou como se preparou para incorporar seu personagem, um faroleiro completamente bêbado e perturbado.

“Quando se está interpretando uma pessoa louca, você pode ficar bravo o tempo todo. Bem, não o tempo todo, mas por uma hora antes da cena. É possível ficar literalmente sentado no chão, rosnando e lambendo poças de lama”, disse.


Mesmo sem gostar tanto de bebidas, Pattinson adotou os hábitos de alcoólatra de seu personagem: “Eu fiquei basicamente inconsciente o tempo todo. Foi uma loucura. Passei muito tempo vomitando. Mijando nas calças. É a coisa mais revoltante. Não sei, mas acho que fui bem irritante.”

“Há uma cena em que Willem está dormindo comigo e estamos muito, muito bêbados. Eu senti como se estivéssemos completamente perdidos na cena e estava ali engasgando e Robert [Eggers] me pediu para parar porque Willem estava dizendo: ‘Se ele vomitar em mim, vou embora desse set.’ Eu não tinha ideia de que todo esse drama estava se desenrolando.”

O esforço parece ter valido a pena: tanto Robert Pattinson quanto Willem Dafoe tiveram suas atuações aclamadas em O Farol, tido como “um dos melhores do ano” pela crítica.

No Brasil, O Farol chegará aos cinemas em 31 de outubro.