Matt Damon poderia ser o rosto da franquia Avatar – além de não precisar mais trabalhar pelo resto da vida. Para GQ, o ator revelou o contrato que recusou.

James Cameron havia oferecido 10% dos lucros de Avatar para Matt Damon ser a estrela do filme. Ou seja, o ator deixou de ganhar um pouco mais de US$ 270 milhões ao recusar a proposta – o longa tem US$ 2,7 bilhões de bilheteria, a segunda maior da história (está atrás de Vingadores: Ultimato).

A revelação foi feita quando Matt Damon contava sobre os cuidados que tentou ter com a carreira ao receber propostas.


“Se eu falhasse, se o telefone parasse de tocar, que acontece com todo mundo, eu queria apenas olhar para trás e dizer, ‘Agora, eu vou apenas explodir tudo’. Mas, em uma história relacionada, James Cameron me disse, ‘Olha, eu não preciso de ninguém. Eu não preciso de um nome para isso, de um ator famoso. Se você não quiser, vou atrás de um desconhecido e dar esse filme para ele porque o longa não precisa de você. Mas, se você pegar o papel, eu dou 10% para você'”, contou o artista.

O papel ficou com Sam Worthington, que não teve o mesmo contrato oferecido para Matt Damon. De qualquer forma, o protagonista da franquia volta para mais quatro filmes de Avatar.

Avatar 2 estreia em 17 de dezembro de 2021.