Para muitos fãs, Vingadores: Guerra Infinita é apenas uma parte da trama de Vingadores: Ultimato. No entanto, Kevin Feige, o chefe da Marvel, não vê dessa forma.

Para o executivo, Vingadores: Guerra Infinita é um filme fechado. Não apenas isso, que não tem um final aberto, como muitos espectadores tiveram a impressão ao assistirem o longa do MCU pela primeira vez.

“Um dos motivos que não consideramos é porque o filme não acaba com os heróis desaparecendo”, declarou Feige no livro Marvel’s Avengers: Endgame – The Art of the Movie.


O presidente da Marvel reforça ainda que Vingadores: Guerra Infinita é sobre Thanos.

“O final do filme tem Thanos em um planeta distante do que em um ambiente de choque e ele está fazendo o que nos disse: sentado e olhando a graça do universo. Ele é bem-sucedido e o filme acaba. Os Vingadores podem tentar pará-lo? Talvez. Eles tentarão. Mas, não tiveram tanta sorte antes e ele não parecia preocupado se eles teriam mais depois”, completou o executivo.

Vingadores: Guerra Infinita e Vingadores: Ultimato estão disponíveis em DVD e Blu-ray.