Em entrevista ao site Launch Left, Joaquin Phoenix contou que demorou para encontrar a maneira perfeita de se interpretar o Coringa no filme de Todd Phillips.

Phoenix começou a viver Arthur Fleck de uma certa maneira, mas em um ponto crucial da produção, foi obrigado a admitir que sua perspectiva sobre o personagem estava errada.

“Em certo ponto, eu percebi que estava errado e tiver que falar com todo mundo. Do departamento de maquiagem, cabelo, figurino e até mesmo com o próprio Todd. Felizmente, ele é muito aberto a sugestões, e me tratou como um verdadeiro parceiro. Mas foi realmente vergonhoso ter que falar com o pessoal da maquiagem que eu ‘ferrei tudo’ e que queria mudar o penteado, as roupas e tudo mais. Essas pessoas trabalharam nisso por semanas, e nesse ponto eu realmente tive que admitir que ferrei tudo, e me senti bastante humilhado”, contou o ator.


O filme da DC está dominando as bilheterias, e já se tornou o filme proibido para menores com a maior bilheteria de todos os tempos.

Coringa continua em cartaz no Brasil.