A Marvel pediu na semana passada ao vereador de Nova York, Ben Kallos, que deixasse de usar trajes de seus personagens para fins políticos.

De acordo com o site Patch, o pedido ocorreu depois que Kallos usou uma fotografia dele vestindo uma fantasia do Capitão América em um e-mail de angariação de fundos chamado “Alerta de Super-Herói”.

Dizem que o e-mail continha várias referências a heróis, além da foto do vereador vestido como Capitão.


“Enquanto o Capitão América estava muito ocupado lutando com Hydra, Loki, Ultron e Thanos, Ben estava lutando pelos nova-iorquinos todos os dias”, diz o e-mail. “Como o Capitão América, ele pode fazer isso o dia todo.”

O vice-conselheiro-chefe da Marvel Eli Bard, mandou uma carta a Kallos pedindo formalmente para que ele pare de usar a imagem do Capitão em campanha política.

“Escrevo para solicitar que sua campanha se abstenha de usar os personagens da Marvel em seus anúncios para sua busca pela Prefeitura da Cidade ou de outro modo. Enquanto a Marvel aprecia seu óbvio carinho por nossas propriedades e recebe seu apoio como fã, pedimos que nossos personagens não sejam usados ​​para fins políticos ou para apoiar campanhas políticas.”

Em seu Twitter, o político compartilhou uma foto da carta, e escreveu: “Recebi uma charmosa carta da Marvel e fui chutado, acho que vocês também devem ser.”

A Fox News entrou em contato com Kallos, que não confirmou se cumprirá o pedido da carta.

“Se as pessoas realmente querem saber como o resto da história se desenrola, devem se inscrever e acompanhar a próxima edição”, disse ele.

O próximo filme da Marvel a chegar nos cinemas é Viúva Negra, que estreia em 1º de maio de 2020.