O escudo de Vibranium do Capitão América é uma das armas mais incríveis da Marvel, mas isso não significa que ele é absolutamente indestrutível.

Nos quadrinhos da Marvel, apesar do escudo do Capitão América resistir a armas como as garras de Wolverine, ele claramente tem dificuldades em resistir a ataques superpoderosos de Deuses, como os Asgardianos.

Em uma linha do tempo alternativa da Marvel, Thor já conseguiu destruir o escudo do Capitão América, assim como Loki, que destruiu a ferramenta na animação dos Vingadores exibida no Disney XD.


Mas como lembrou o ScreenRant, outros heróis e vilões que não são de Asgard já destruíram o escudo. O Doutor Estranho já usou os poderes do Beyonder para isso, o Homem-Molecular da Marvel já desintegrou o escudo e o próprio Thanos destruiu a arma na HQ “Manopla do Infinito” – e nos cinemas, onde ele também fez um bom estrago no artefato.

Mas a coisa mais inusitada que já destruiu o escudo do Capitão América foi uma espécie de, “câncer de Vibranium”. Depois de retornar a vida – após o combate com o Doutor Estranho, o Capitão América descobre que seu escudo está sendo destruído aos poucos, por um erro molecular que prejudicou seu Vibranium. Evitando o fim, Steve vai em busca de uma cura – que é encontrada eventualmente.

No fim das contas, apesar de ser quebrável, o escudo do Capitão América é uma das armas mais icônicas da Marvel, o que significa que ele sempre vai voltar, não importa quantas vezes seja destruído.