O Irlandês, novo filme da Netflix com direção de Martin Scorsese, está passando por uma polêmica. Para muitos internautas e críticos, a atuação da atriz Anna Paquin, que vive Peggy, foi cortada. 

No filme, que tem quase 3 horas e 30 minutos, Peggy diz apenas sete palavras. Rumores também chegaram a dizer que Paquin foi “forçada” a aceitar o papel. 

Em entrevista ao USA Today, Robert De Niro rebateu a acusação. Para o ator, Paquin tem uma interpretação poderosa, mesmo com poucas palavras. 


“Ela foi muito poderosa e é assim que é. Talvez em outras cenas poderia ter mais interação, mas foi feito assim. Ela é incrível e isso ressoou”, disse o astro. 

No Twitter, a própria atriz respondeu a acusação de que teria sido obrigada a aceitar o papel da Netflix

“Não, ninguém estava fazendo nenhuma obrigação. Eu fiz a seleção para ter o privilégio de me juntar ao incrível elenco de O Irlandês e estou orgulhosa de fazer parte do filme”, publicou a famosa. 

O Irlandês segue disponível na Netflix