O clássico quadrinista da DC, Neal Adams, esteve na CCXP 2019, evento que está acontecendo em São Paulo, onde teceu críticas ao Batman interpretado por Ben Affleck.

Adams ficou amplamente conhecido na indústria de quadrinhos por ter reinventado o Batman juntamente com o escritor Dennis O’Neil durante a década de 70.

Para o quadrinista, esta versão de Batman, mostrada em Batman v Superman: A Origem da Justiça, Esquadrão Suicida e Liga da Justiça, falhou em se aproximar do Homem Morcego abordado por Frank Miller nos anos 80 por um motivo específico.


“Fizeram o Batman dos cinemas usar o traje criado por Frank Miller sem que ele tivesse 80 anos. Qual é! Parece até que essas pessoas não leem os quadrinhos”, disparou o quadrinista.

Para o clássico quadrinista da DC, as histórias mostradas no cinema ainda decepcionam em comparação com o que é explorado nos quadrinhos.

“É difícil ler uma história em quadrinhos e depois assistir ao filme e achar que são a mesma coisa. Não são.”

Depois de Liga da Justiça, a jornada de Affleck no icônico papel da DC acabou e o Batman ganhará um reboot em 2021, estrelado por Robert Pattinson e com direção do aclamado cineasta de Planeta dos Macacos, Matt Reeves.