Os fãs ainda estão insatisfeitos com Liga da Justiça (2017). O filme que começou com Zack Snyder parou nas mãos de Joss Whedon e foi extremamente criticado.

Até por isso, os espectadores ainda fazem a campanha para que o corte de Zack Snyder seja lançado. No momento, a DC e a Warner não dão uma posição oficial sobre a versão do diretor.

Neste sábado, 14, o Screen Rant lembrou que Liga da Justiça poderia ter tido uma situação bem pior. Antes de Joss Whedon, o diretor Brett Ratner estava cotado para assumir o longa.


O cineasta é conhecido pelos filmes de A Hora do Rush e X-Men 3: O Confronto Final. No entanto, Ratner foi acusado por sete mulheres por crimes de assédio sexual.

A partir do momento dos casos, Ratner perdeu todos projetos que tinha. Se fosse ao contrário, a polêmica do longa seria bem maior.

Liga da Justiça está disponível em DVD e Blu-ray.