Hoje é véspera de Natal! Se você quer comemorar com um filme tradicional, te indicamos O Expresso Polar, Um Conto de Natal ou A Felicidade Não se Compra – mas nenhum dos elencados nessa lista.

Star Wars | Fã cria show de luzes natalinas inspirado na saga

Abaixo, selecionamos os especiais de Natal mais bizarros da TV, para você se divertir ou se perguntar: “Quem diabos aprovou essa produção?”.


Confira:

https://youtu.be/S3a5j8PgQxg

 

O ESPECIAL DE NATAL DE STAR WARS (1978) | O especial que George Lucas tentou esconder “bem no fundo do oceano, para ninguém nunca mais encontrar”, segundo o ator Anthony Daniels (C-3PO). Com 1h30 de duração, esse telefilme trouxe Carrie Fisher, Harrison Ford, Mark Hamill e mais astros para a TV em uma história muito bizarra sobre o dia em que Chewbacca e Han tentaram voltar para o planeta do Wookie para celebrar “o dia da Vida”, um feriado local.

HE-MAN E SHE-RA – ESPECIAL DE NATAL (1985) | O que é mais natalino do que um homem musculoso loiro e sua parceria lutando contra um esqueleto falante em um planeta alienígena? Nesse episódio especial de mais de 50 minutos (sério!), He-Man e She-Ra tentam impedir o Esqueleto que arruinar o Natal para crianças da Terra que estão presas em Eternia.

https://youtu.be/rg66j0fUbUk

“MR. HANKEY, THE CHRISTMAS POO” – SOUTH PARK (1997) | Nenhuma outra série de TV no universe seria capaz de criar um especial de Natal estrelado (literalmente) por um pedaço de fezes capaz de falar. Com canções bizarras e muito grudentas, o episódio entrou para a infame história de South Park com sua zoação dos outros especiais de Natal da TV.

“SISTERS AT HEART” – A FEITICEIRA (1970) | Recorrente em absolutamente todas as listas de episódios de Natal mais bizarros do mundo, esse capítulo de A Feiticeira mostra um cliente racista de Darrin ao qual Samantha ensina uma lição ao enfeitiçá-lo em pleno Natal. O problema é o que o feitiço de Samantha, que faz o cliente ver todo mundo como pessoas negras, significa que o elenco todo teve que se pintar para algumas cenas.

“THE FEAST OF STEVEN” – DOCTOR WHO (1965) | No primeiro especial de Natal da história da série de ficção científica, o Doutor (William Hartnell) viaja para os anos 1960 na Inglaterra e os anos 1920 em Hollywood. No entanto, o momento bizarro mesmo só vem no final, quando Hartnell “quebra a quarta parede”, olhando para a câmera e desejando Feliz Natal ao público – foi a primeira e única vez em que isso aconteceu na série.

BABES IN TOYLAND (1986) | Baseado em uma popular canção infantil nos EUA, esse especial de 2h20 (!) estrelado por Keanu Reeves (!!) e Drew Barrymore (!!!) arma uma história no estilo O Mágico de Oz, onde uma garota pobre viaja para o mundo encantado de Toyland, onde precisa impedir um vilão de dominar o mundo e se casar com uma jovem que está apaixonada por outro.

“HOW THE GHOSTS STOLE CHRISTMAS” – ARQUIVO X (1998) | Com um tom meio de comédia, meio de terror, esse episódio de Natal bizarro na sexta temporada de Arquivo X coloca Mulder e Scully em uma casa assombrada em plena véspera de Natal, quando dois fantasmas os atormentam e tentam provar que o feriado de Natal é terrível. Lily Tomlin e Ed Asner, lendas da comédia televisiva, interpretam os fantasmas.

“CHRISTMAS WITH THE JOKER” – BATMAN: A SÉRIE ANIMADA (1992) | O nome do episódio (“Natal com o Coringa”, em tradução livre) já adianta: esse não será um especial comum. O capítulo mostra uma trama mirabolante do vilão, na qual ele cria uma série de desafios e armadilhas para Batman e Robin tentarem salvar Gordon, Bullock e Summer – e transmite tudo na TV!

“ABED’S UNCONTROLLABLE CHRISTMAS” – COMMUNITY (2009) | A homenagem de Community à animação stop-motion (com bonecos ou massinhas) mostra Abed acordando no dia de Natal para descobrir que o mundo todo está nesse formato – é apenas com a ajuda de seu grupo de estudos fiel que ele vai conseguir descobrir voltar tudo ao normal e descobrir o verdadeiro significado do Natal.

“CHRISTMAS WALTZ” – MAD MEN (2012) | Esse episódio perturbador de Natal mostra Paul se convertendo à religião hinduísta para impressionar uma mulher que, na verdade, está dormindo com seu amigo, Harry – tudo isso na véspera de Natal. Como se não fosse o bastante, Lane também chega ao fim de suas esperanças ao forjar a assinatura de Don em um cheque para pagar suas dívidas.