Nem sempre Hollywood acerta quando escala esse ou aquele ator para interpretar uma figura real. Seja no cinema ou na TV, às vezes essas escolhas podem se revelar desastrosas – mas a nossa lista é para os casos em que elas deram (muito) certo.

Stranger Things e mais 3 séries de terror que são baseadas em fatos reais

Confira 10 atores de séries que ficaram idênticos às pessoas reais que retratam:

>> CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

ALEX JENNINGS (The Crown) | Na pele do rei com reinado mais curto da história da Inglaterra, o ator Alex Jennings consegue fazer o espectador simpatizar com um personagem muitas vezes mal falado na história do Reino Unido. O Rei Edward VIII abdicou do trono para se casar com uma divorciada, Wallis Simpson, após apenas 326 dias no cargo.

CAMERON BRITTON (Mindhunter) | Esse ator americano de 32 anos não era muito conhecido antes de aparecer na série da Netflix como Edmund Kemper, um serial killer brutal que se torna o primeiro sujeito da pesquisa de Holden (Jonathan Groff) sobre criminosos violentos. Sua performance é assombrosa, recriando linhas de diálogo retiradas direto de entrevistas com Kemper.

STERLING K. BROWN (O.J. Simpson: American Crime Story) | Ryan Murphy e companhia capricharam na caracterização dos personagens de sua primeira temporada de American Crime Story, mas nenhum ficou tão parecido quando o premiado Sterling K. Brown na pele do advogado Christopher Darden, parte da equipe de acusação de Simpson.

EDGAR RAMIREZ (Versace: American Crime Story) | Já na segunda temporada da série, veremos o ator Edgar Ramirez envelhecido para interpretar o estilista Gianni Versace, que foi morto pelo serial killer Andrew Cunanan nos anos 1990. A maquiagem deixou os dois bem parecidos, assim como o estilo extravagante do figurino.

JUDY DAVIS (Feud: Bette and Joan) | A habilidade de atuação de Jessica Lange e Susan Sarandon importava mais do que sua semelhança real com Joan Crawford e Bette Davis nessa outra série de Murphy. No entanto, a coadjuvante Judy Davis roubou a cena como a colunista de fofocas Hedda Hopper – é impressionante como as duas são parecidas!

LUKE KIRBY (The Marvelous Mrs. Maisel) | Embora a protagonista título dessa série cômica da Amazon, interpretada por Rachel Brosnahan, seja ficcional, ela faz amizade com um comediante muito real: Lenny Bruce, interpretado na série por um Luke Kirby que encarna todos os tiques e o olhar debochado de um dos pioneiros da comédia stand-up.

MEGAN FOLLOWS (Reign) | A série da CW pode ter embelezado seus adolescentes em relação às contrapartes reais, mas a canadense Megan Follows é de fato bem parecida com Catarina de Medici, a calculista mãe do rei Francis. Não bastasse a semelhança, Follows é consistentemente a melhor parte da série, entregando uma atuação frequentemente mais complexa do que o roteiro merece.

REBECCA FERGUSON (The White Queen) | A rainha Elizabeth Woodville era, por todos os relatos históricos e retratos, uma mulher linda. Por isso, a escalação da talentosa Rebecca Ferguson para interpretá-la nessa minissérie de 2013 pareceu justificada, e olhando para a comparação fica claro que as duas são bem parecidas.

MARK RYLANCE (Wolf Hall) | O grande ator faria o pulo para o cinema pouco depois de estrelar essa minissérie da BBC sobre os estratagemas de Thomas Cromwell, um famoso aristocrata britânico que “sussurrou” no ouvido de reis e rainhas. A semelhança entre Rylance e o personagem real é notável.

TONY CURRAN (Doctor Who) | Quando Doctor Who anunciou que seu alienígena viajante do tempo passaria um episódio na companhia de Vincent Van Gogh, fãs de pintura e da série ficaram nervosos – mas tudo deu certo com a contratação de Tony Curran para o papel, já que o ator escocês é muito parecido com o pintor holandês.

LEAVE A REPLY