Ninguém realmente morre na TV – ou melhor: alguns personagens morrem, mas muitos deles voltam a vida com as justificativas mais pífias, fantasiosas e bizarras. No entanto, nem sempre esse retorno é bem-vindo.

Indestrutíveis? 10 personagens de séries que se recuperaram de incidentes mortais

Separamos 10 personagens que teriam ficado melhores mortos:


GLENN (The Walking Dead) | Bom, começamos essa lista com a mais infame das “mortes revertidas” da TV – no final da sexta temporada, The Walking Dead nos fez crer que Glenn estava morto após uma cena particularmente horrenda. No entanto, quando a série retornou, descobrimos que ele encontrou abrigo dos zumbis embaixo de uma caçamba de lixo (é sério!) só para, um ano depois, o personagem morrer de fato nas mãos de Negan.

BUFFY (Buffy: A Caça-Vampiros) | É claro que todo mundo ama a sexta temporada de Buffy, mas ninguém pode negar que o final da quinta, “The Gift”, foi simplesmente uma forma fenomenal de finalizar a história da sua protagonista, com um sacrifício comovente que perdeu toda a sua potência quando foi revelado que Buffy estava de volta ao mundo dos vivos.

TONY ALMEIDA (24 Horas) | Um perene favorito dos fãs de 24 Horas, Tony morreu no final da quinta temporada como um herói, só para retornar na sétima como um vilão. Não só a volta não foi recompensadora para os admiradores do personagem, como estabeleceu um padrão em que Almeida se tornou alvo de piadas ao invés de um arco sério de roteiro.

JON SNOW (Game of Thrones) | Traído por seus colegas de Patrulha da Noite, esfaqueado pelo próprio jovem que ajudou a salvar, Jon Snow teve um final irônico e potente na quinta temporada de Game of Thrones – só para retornar no ano seguinte, a fim de cumprir seu papel de herói romântico nos episódios finais da série. Péssima ideia.

ALISON (Pretty Little Liars) | Durante quatro temporadas, as protagonistas de Pretty Little Liars lidaram com os segredos e reviravoltas da morte de uma amiga, Alison. No entanto, no quarto ano, descobrimos que Alison não estava nem mesmo morta! Ao invés disso, esteve observando todos os eventos da série de longe, julgando o comportamento das ex-amigas.

ELIZABETH KEEN (The Blacklist) | Após muito tempo como apenas mais uma série policial escorada na boa interpretação de um veterano (James Spader), The Blacklist tentou se destacar por matar sua protagonista sem sal, Lizzy Keen (Megan Boone). No entanto, a série logo voltou atrás e deu um jeito de salvá-la, posicionando o fato de que ela tinha fingido seu falecimento.

MADISON (American Horror Story: Coven) | Virtualmente todo mundo em Coven morreu e voltou a vida pelo menos uma vez (senão múltiplas), mas o retorno mais lembrado (e mais irritante) foi o da mean girl Madison, interpretada por Emma Roberts. A série estava indo muito bem sem ela, obrigado.

BOBBY (Dallas) | Ao final da oitava temporada de Dallas, o amado personagem Bobby Ewing foi morto graças a vontade do ator Patrick Duffy de sair da série. No entanto, quando a carreira de Duffy não decolou e a audiência de Dallas sofreu com sua saída, os roteiristas inventaram a desculpa de que toda a nona temporada havia sido um sonho como forma de trazer Bobby de volta.

LOCKE (Lost) | A revelação da morte de John Locke (Terry O’Quinn) em Lost foi chocante para os fãs, mas seu retorno foi ainda mais. Veja bem, Locke não exatamente voltou dos mortos – seu corpo foi usado como um “avatar” pelo Homem de Preto, a figura maligna que lutava com Jacob pelo controle da ilha.

DANIEL (Stargate SG-1) | O explorador original de Stargate SG-1 é o único personagem de nossa lista que morreu e voltou duas vezes. A primeira no episódio “Meridian”, da quinta temporada – ali, ele “ascendeu para um plano superior” e voltou ao nosso sem memória nenhuma. A segunda em “Reckoning”, da oitava temporada, e dessa vez ele volta com memórias intactas!