Nos Estados Unidos, a fama e o status das celebridades é quase que indestrutível. Sempre aparecem em diversos lugares, além claro, de serem convidadas a participar de eventos solenes ou outras festividades.

Entretanto, a mesma regra não se aplica em relação a outros países, já que alguns desses famosos não são bem vindos nesses, seja por algumas ações dessas celebridades ou somente por causa de diferenças culturais.

Veja quais são as celebridades que são ou foram banidas em alguns países.


10 – PARIS HILTON

Resultado de imagem para paris hilton

No ano de 2010, a socialite Paris estava para entrar no Japão, quando foi mandada de volta para casa. O motivo foi que descobriram que Paris já foi denunciada por vício em drogas, o que encaixa nas leis rígidas de migração do país oriental. Paris foi pega com posse de cocaína nos Estados Unidos 2 dias antes de viajar para a terra do sol. O que se informa é que até hoje, se Hilton quiser viajar para lá, não conseguirá.

9 – MILEY CYRUS

Resultado de imagem para miley cyrus

A atriz e cantora foi proibida de entrar na China e na República Dominicana por conta de alegações de racismo. O motivo é uma foto que ela tirou em 2009, considerada preconceituosa, no qual Miley está puxando seus olhos para trás, fazendo uma imitação de asiáticos. Isso foi o suficiente para a China banir Miley e não permitir que ela entrasse no país.

O outro caso foi o da Republica Dominicana, que não permitiu que ela fosse ao país para a tour do álbum Bangerz, em 2014. A alegação do governo era de que o show iria contra as morais e os costumes do país.

8 – KATY PERRY

Resultado de imagem para katy perry

A China não parece ser um país muito hospitaleiro com as celebridades. Dessa vez, Katy Perry foi banida e proibida de entrar no país. Em Taiwan, país independente que a China ainda clama que faz parte do território dela, Perry apoiou a independência da China. O que claro, não caiu bem para o governo chinês, que negou o visto da cantora, que participaria de um evento da marca Victoria Secret no país. Outras quatro modelos também tiveram os vistos negados e as entradas proibidas.

7 – CHRIS BROWN

Resultado de imagem para chris brown

Provavelmente, sua carreira está praticamente acabada, desde que no conturbado relacionamento com Rihanna, acabou agredindo a cantora e ex-namorada. E também por causa desse histórico de agressões, foi banido e terminantemente proibido de entrar no Reino Unido e na Austrália, dois países que o cantor queria fazer turnê em 2015. Seu visto foi negado pelos dois países por conta do incidente com Rihanna. Desde então, não quis tentar novamente entrar em ambos locais.

6 – ALEC BALDWIN

Resultado de imagem para alec baldwin

Alec é um ator polêmico e na sua carreira, passou por alguns bocados, principalmente ao falar mal de algumas pessoas e etnias. Ao fazer uma piada sobre o tráfico sexual nas Filipinas, dizendo que ele adoraria comprar um serviço postal Filipino. Isso não foi bem aceito pelo governo do país, que considerou a piada um ultraje e baniu o ator em 2009, o proibindo de entrar na região. A engraçada declaração dizia: “Baldwin está proibido de entrar no país porque é um alienígena indesejado”.

5 – AKON

Resultado de imagem para akon

Lembram do Akon? Pois é, hoje possivelmente ele está tão sozinho quanto a música mais famosa dele, mas acredito que tudo começou quando começou a ser banido de alguns países. O mais famoso deles foi o Sri Lanka, no qual o cantor queria fazer um show. Entretanto, seu vista foi negado porque no clipe da música Sexy Chick, de David Guetta, ele aparece dançando na frente de uma estátua do Buda, símbolo do budismo, religião do país Sri Lanka. Os protestos contra a vinda do ator foi tão forte e violenta, que quatro pessoas se machucaram. Akon soltou um comunicado pedindo desculpas a todos na época.

4 – SELENA GOMEZ

Resultado de imagem para selena gomez

Ativista de diversas causas sociais, como direitos LGBT+ e animais, Selena no entanto, encontrou uma resposta um tanto quanto pessoal para ter seu visto negado na Rússia em 2013, tendo em vista justamente o país que possui severas leis contra relacionamento homossexual. Em resposta, Gomez cancelou toda sua turnê no leste europeu, mas também teve que cancelara turnê na China, que negou sua entrada. O motivo alegado foi uma foto que ela tirou com Dalai Lama em 2014.

3 – SNOOP DOGG

Resultado de imagem para snoop dogg

Não é novidade o quão Snoop adora maconha. Mas em uma época, acabou se tornando novidade para o aeroporto da Noruega, que impediu que o rapper entrasse no país com oito gramas de maconha, o banindo por dois anos do país nórdico. No entanto, o banimento aconteceu só depois que ele conseguiu cantar em um festival.

No Reino Unido, Dogg também foi banido por um tempo, após se envolver em uma briga no aeroporto, ficando impedindo de entrar no país de 2006 a 2008, além de ter um visto negado para a Austrália após ter falhado em um teste.

2 – JUSTIN BIEBER

Resultado de imagem para justin bieber

O agora bonzinho cantor, já teve a fama de “badboy” uma vez e por conta disso, foi banido na China em 2017. Segundo o governo chinês, “Bieber é um talentoso cantor mas também um controverso e estrangeiro jovem cantor.”. Por conta disso, Bieber não conseguiu colocar o país na sua rota de turnê no ano passado. Apesar de ter conseguido fazer show em Hong Kong, todo o território chinês estava fora de cogitação, sob a desculpo do mau comportamento do cantor canadense.

1 – BEYONCÉ

Resultado de imagem para beyoncé

Em 2007, a cantora foi proibida de cantar na Malásia e teve a turnê cancelada no país. Outra vez, em 2009, teve a entrada proibida. As acusações vieram do próprio povo do país, dizendo que Beyoncé tinha danças provocativas e insinuantes e que ela deveria trocar as roupas mais curtas e estampadas que utilizava nas turnês por roupas mais neutras e que cobria o corpo de Beyoncé até o joelho. O país, de maioria muçulmana, alegou que a “estética” da cantora é imoral. Na época das turnês, haviam também muitos protestos de parte da população, então todas as áreas de performance para os shows eram consideradas ilegais.