Em Santa Clarita Diet, Drew Barrymore e Timothy Olyphant são um casal aparentemente normal do subúrbio americano que tem suas vidas viradas de cabeça para baixo quando ela aparentemente morre e volta à vida com uma fome insaciável por carne humana.

Santa Clarita Diet | Drew Barrymore canibal está de volta no trailer da 2ª temporada

A comédia estreia sua 2ª temporada na Netflix nessa sexta (23), e nos inspirou a reunir todas as melhores produções de zumbi com um fundo cômico que conseguimos contar. Confira:


TODO MUNDO QUASE MORTO (2004) | Impossível começar essa lista com outro título, né? O talentosíssimo Edgar Wright dirige seus parceiros Simon Pegg e Nick Frost nessa deliciosa e alucinante paródia dos filmes de zumbi – e, ao mesmo tempo, um filme que no fundo é só sobre um cara fracassado tentando mostrar que ele serve para alguma coisa.

ZUMBILÂNDIA (2009) | Woody Harrelson, Jesse Eisenberg, Emma Stone e Abigail Breslin formam o núcleo tremendamente humano do hilário, excêntrico e viciante Zumbilândia, lançado em 2009 pelo diretor Ruben Fleischer. Com rápidas 1h28, o filme cumpre tudo o que propõe e muito mais – e ainda acha espaço para uma participação especial lendária de Bill Murray.

Dead Snow

ZUMBIS NA NEVE (2009) | “Zumbis nazistas” é um conceito que parece ridículo demais para funcionar, mas o diretor/roteirista Tommy Wirkola o transformou em uma comédia de terror genuinamente eficiente, que fez por merecer a continuação, lançada em 2014. Ajuda que esse filme norueguês tenha protagonistas humanos simpáticos, um grupo de amigos que só quer saber de esquiar.

Meu Namorado é um Zumbi

MEU NAMORADO É UM ZUMBI (2013) | A história surpreendentemente adorável de um zumbi (Nicholas Hoult) que lentamente recupera sua humanidade ao se aproximar e se apaixonar por uma humana (Teresa Palmer), Meu Namorado é Um Zumbi é talvez o item mais inesperado da nossa lista – uma comédia romântica. Baseado no livro de Isaac Marion, o filme vai te fazer rir e, quem sabe, até suspirar.

Z NATION (2014-) | É curioso que essa produção do SyFy já esteja caminhando para a sua quinta temporada, visto que não é uma série muito falada por aí. A verdade é que Z Nation é uma produção de nicho sem vergonha de ser de nicho – uma mistura bizarra de terror, comédia, ação de baixo orçamento e visual sujo. Para quem é fã mesmo dos zumbis, pode ser um prato cheio.

ZOMBEAVERS: TERROR NO LAGO (2014) | O diretor Jordan Rubin criou um dos futuros clássicos trash com esse conto absurdo de um lago infestado de castores zumbis e os pobres adolescentes que vão passar um fim de semana na cabana ao lado dele. O filme tem todas as marcas que você espera do terror/comédia, e as executa melhor que a média.

FIDO – O MASCOTE (2006) | Com o genial Billy Connolly no papel título, Fido é uma fantasia cômica passada em uma versão retro-futurista da Terra em que uma corporação inventou coleiras “domesticadoras” para zumbis. Fido é um desse zombie pets, se você quiser usar esse termo, e sua vida em família é deliciosamente explorada pelo filme de Andrew Currie.

FOME ANIMAL (1992) | Antes de se tornar o responsável pelos épicos O Senhor dos Anéis e King Kong, Peter Jackson foi o rei do trash neozelandês. Em Fome Animal, a mãe de um jovem é mordida por um macaco infectado com vírus zumbi, e se torna uma canibal voraz – se a premissa é parecida com Santa Clarita Diet, o filme e sua sede por sangue, bizarrices e piadas toscar é bem, bem diferente.

A VOLTA DOS MORTOS VIVOS (1985) | Essa primeira reinvenção cômica do mito dos zumbis virou um verdadeiro clássico do gênero. O diretor, Dan O’Bannon, era então conhecido por escrever Alien, o Oitavo Passageiro (1979), e criou uma fábula hilária em que a incompetência de dois funcionários do governo causa a liberação do gás que desencadeia a epidemia zumbi.

iZombie

IZOMBIE (2015-) | A excelente Rose McIver leva nas costas essa série da CW, que já está em sua quarta temporada – na trama, ela é Liv, que descobre a existência dos zumbis e acaba se transformando em um. Para saciar sua fome por cérebros, ela começa a trabalhar no escritório de um legista, e a ajudar um detetive a resolver mistérios.