Nessa quinta (26), veremos chegar aos cinemas Vingadores: Guerra Infinita, um “projeto dos sonhos” da Marvel que está em fase de planejamento há 10 anos, desde a estreia de Homem de Ferro (2008).

7 coisas para se lembrar antes de Vingadores: Guerra Infinita

No entanto, nem todos os planos da Marvel chegaram à fruição. Confira 10 projetos cancelados:


Namor

NAMORUm dos heróis mais poderosos e personalidade mais única nos quadrinhos, o rei dos mares Namor, a “resposta da Marvel ao Aquaman”, nunca apareceu nos cinemas. Os direitos dele, até recentemente, pertenciam à Universal, que tentou fazer um filme em 2004 sob direção de Chris Columbus (Harry Potter e a Pedra Filosofal) e com roteiro de David Self (Estrada para Perdição). Após trocar de diretores para Jonathan Mostow (Exterminador do Futuro 3), o projeto acabou engavetado.

DEATHLOKO personagem eventualmente seria mostrado em Angents of SHIELD, interpretado por J. August Richards, mas o ciborgue da Marvel quase ganhou um filme bem antes disso, lá em 2001! Na época, a Marvel fez parceria com a Paramount para produzir um longa do personagem, com Lee Tamahori (007 – Um Novo Dia para Morrer) na cadeira de diretor. No entanto, o filme foi engavetado após outros projetos da Marvel, como Demolidor (2003), não darem o retorno esperado.

MULHER-HULK | Esse é um projeto lá dos anos 1990, quando a mania dos filmes de super-heróis ainda parecia uma possibilidade distante. Na época, o mestre do terror trash Larry Cohen (Q – A Serpente Alada) se comprometeu a escrever e dirigir um longa da Mulher-Hulk, a prima do Gigante Esmeralda que também adquire poderes sobre-humanos, com Brigitte Nielsen (Guerreiros de Fogo) no papel.

Inumanos

OS INUMANOS NO CINEMA | Antes de afundar completamente na televisão, o raça de super-poderosos conhecida como Inumanos quase foi parar nos cinemas. Desde 2011 (antes de Os Vingadores!) a Marvel já incluía o filme do supergrupo em seu calendário, e chamou Joe Robert Cole, futuro roteirista de Pantera Negra, para escrever. A versão oficial para a mudança de mídia do projeto é que o calendário da Marvel ficou “muito cheio” para comportar Inumanos.

O Clube do Inferno

CLUBE DO INFERNONo percalço de X-Men: Primeira Classe, onde uma versão do grupo de vilões Clube do Inferno apareceu brevemente, a Fox quase produziu uma série toda baseada no time liderado por Emma Frost. No entanto, o momento para aproveitar a popularidade do conceito escapou ao estúdio, que ao invés disso fez do Clube do Inferno uma espécie de história de fundo para a ótima série The Gifted.

MARVEL’S MOST WANTED | Os fãs de Agents of SHIELD amam o casal Bobbi Morse e Lance Hunter, espiões da SHIELD que já foram casados e se veem obrigados a trabalharem juntos. Por isso, a proposta de Marvel’s Most Wanted, que os acompanharia em missões solo, parecia animadora para o canal ABC, que encomendou um piloto em 2016 mas odiou muito o resultado – de forma que a série nunca deu mais frutos, e o episódio em questão nunca foi exibido.

Deadpool em animação.
Deadpool em animação.

DEADPOOL, POR DONALD GLOVERA perda mais recente da nossa lista. A FX estava em pleno processo de produção de uma série animada do Deadpool, o mercenário boca-suja que encantou os fãs no filme de 2016 estrelado por Ryan Reynolds. Donald Glover (Atlanta) escreveria a série, mas diferenças criativas com a Marvel/Fox aparentemente o distanciaram do projeto, que também perdeu a boa vontade da emissora.

Guillermo Del Toro

O INCRÍVEL HULK, POR GUILLERMO DEL TOROO diretor mexicano, muito antes de vencer o Oscar por A Forma da Água, se envolveu em uma possível série de TV do Hulk para a Marvel. O ano era 2012, e o Gigante Esmeralda àquela altura já tinha fracassado duas vezes em filmes solo, de forma que um retorno à TV (após a série clássica que durou entre 1978 e 1982) parecia uma boa ideia. Após o lançamento de Os Vingadores e o sucesso do Hulk de Mark Ruffalo, o projeto foi engavetado.

Darren Aronofsky

O WOLVERINE, POR DARREN ARONOFSKYPois é, o diretor de Cisne Negro e Mãe! quase dirigiu um filme solo do mutante canadense interpretado por Hugh Jackman. O projeto tinha roteiro de Christopher McQuarrie (Missão Impossível 5) e abordava a passagem do herói pelo Japão, exatamente como Wolverine: Imortal (2013) faria mais tarde sob direção de James Mangold. No entanto, o divórcio de Aronofsky e as complicações na produção de Noé (2014) o impediram e concretizar o projeto.

James Cameron

HOMEM-ARANHA, POR JAMES CAMERON | Já imaginou um jovem Leonardo DiCaprio como Peter Parker? E Arnold Schwarzenegger como Doutor Octopus? O diretor James Cameron, fresco do sucesso de O Exterminador do Futuro 2, imaginou, e comprou os direitos do Homem-Aranha com sua companhia de produção, a Carolco Pictures. No entanto, antes que ele pudesse fazer o filme dos seus sonhos, a produtora acabou falindo, e seu contrato ficou perdido.