Em Tully, que chega ao Brasil nessa quinta (24), Charlize Theron entrega com sua Marlo um retrato “sem filtros” da maternidade – exausta, ela contrata uma babá, Tully (Mackenzie Davis), que pode ser muito mais do que aparenta.

Crítica | Tully

O filme de Jason Reitman e Diablo Cody, dupla diretor-roteirista por trás de Juno e Jovens Adultos, não é o primeiro a encarar a maternidade de frente, com todas as suas complicações.

>> CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

Confira 8 outras mães “sofridas” da ficção:

KIKI (Kristen Bell) em Perfeita é a Mãe! | Das três mães que protagonizam a comédia que fez sucesso em 2016 (e ganhou continuação no ano seguinte), a pobre Kiki de Kristen Bell sem dúvida lida com a pior situação – não só porque ela tem quatro filhos, mas porque o marido Kent (Lyle Brocato) não a ajuda em nada e ainda a ressente por sair com suas novas amigas. Assim não dá!

MARY PAT (Allison Tolman) em Good GirlsA série da NBC traz três mães estressadas como protagonistas, mas nenhuma delas vive a mesma situação que Mary Pat, personagem recorrente interpretada (sublimemente) por Allison Tolman. Pat é viúva, e cuida sozinha da tropa de filhos, de forma que pula vorazmente na oportunidade de conseguir algum dinheiro a mais quando descobre os feitos criminosos da protagonista – dá para culpá-la?

GAIL (Hilary Swank) em TrustAssim com o filme Todo o Dinheiro do Mundo, a série Trust, da FX, conta a história do sequestro de J. Paul Getty III por membros da máfia italiana. Enquanto a família bilionária do pai do menino se perdia em disputas mesquinhas e não pagava um centavo para os sequestradores, a mãe pobretona, Gail (na série, a sempre excelente Hilary Swank), fazia de tudo para resgatá-lo.

REBECCA (Mandy Moore) em This is UsQuando o casal Pearson descobriu que estava “ganhando” três filhos pelo preço de um, eles não tinham dinheiro o bastante para lidar com isso. Quando um dos bebês morreu no parto, eles adotaram outro, e então enfrentaram uma série de obstáculos na criação do “Grande Trio”. No centro de todo o drama de This is Us, uma mulher de coragem monumental, mas falhas aparentes.

DORIS (Shirley MacLaine) em Lembranças de HollywoodNinguém nunca acusou Debbie Reynolds de ser uma estrela “fácil” – em Lembranças de Hollywood, a encontramos ficcionalizada como Doris, a mãe da protagonista Suzanne (Meryl Streep, interpretando uma versão da roteirista Carrie Fisher), e a matriarca interpretada por Shirley MacLaine é problemática e alcoólatra. No entanto, é impossível negar que a pobre Doris tem mais do que algumas dificuldades com a rebelde (e viciada) filha.

OLIVIA (Patricia Arquette) em Boyhood: Da Infância à JuventudeO épico premiado de Richard Linklater não filmou só o crescimento de Mason (Ellar Coltrane) durante doze anos, mas também o envelhecimento de Olivia (Patricia Arquette), sua mãe. Na trama, Olivia precisa criar dois filhos sozinha após o irresponsável marido (Ethan Hawke) sumir do mapa. A atuação sublime de Arquette lhe rendeu o Oscar.

MOLLY (Julie Walters) em Harry PotterA “mãezona” favorita de todos os fãs de Harry Potter, Molly Weasley tem o maior coração de todos os tempos e sempre diz as palavras certas para confortar seus muitos filhos (biológicos ou não). A saga a coloca por diversas provações e preocupações, incluindo a morte de um dos filhos, Fred.

SHERYL (Toni Collette) em Pequena Miss SunshineEm meio às loucuras e paranoias da família desse verdadeiro clássico contemporâneo, Sheryl (Toni Collette) é a voz da normalidade – ou de uma tentativa meio fútil de normalidade, pelo menos. Collette mostra que as mamães também podem ter um pouco a aprender, e está tudo bem! Ninguém é perfeito.

LEAVE A REPLY