Episódio polêmico de Os Simpsons passado no Brasil

Às vezes, quando uma polêmica muito grande surge em torno de uma série de TV, até conseguimos entender o motivo – mas outras vezes as controvérsias simplesmente surgem dos lugares menos esperados.

7 séries que cometeram erros enormes e depois “voltaram atrás”

Confira:

UM AMOR DE FAMÍLIA | A sitcom que reinou na audiência entre 1986 e 1997 estava acostumada a causar polêmica graças ao seu protagonista, um dono de loja de roupas mal-humorado e preconceituoso. No entanto, o momento em que o público americano realmente se revoltou foi quando um personagem apareceu usando lingerie feminina em um capítulo – vários anunciantes, graças à pressão dos fãs, retiraram seus comerciais da série.

NOVA IORQUE CONTRA O CRIMESe hoje em dia você está acostumado às estratégias dos programas permitidos para menores na hora de mostrar cenas de nudez (ângulos de câmera, sombras, etc), você pode agradecer Nova Iorque Contra o Crime (1993-2005), que provocou uma polêmica enorme ao incluir as primeiras cenas do tipo no horário nobre americano.

OS SIMPSONSEm 30 anos no ar, a politicamente incorreta Os Simpsons já passou por dezenas de polêmicas – mas a mais bizarra foi envolvendo o nosso país, o Brasil. Na 13ª temporada, Homer e cia vieram ao Rio de Janeiro em um episódio, e o retrato exagerado da série dos problemas da cidade (criminalidade, poluição) provocou a ira dos fãs brasileiros.

FELICITYO corte de cabelo que cancelou uma série – quando Keri Russell, e sua personagem Felicity, resolveram adotar um estilo de cabelo mais curtinho após o término de um relacionamento, os fãs surtaram. A desaprovação foi tanta que a série seria cancelada após a primeira temporada do novo cabelo.

BOY MEETS WORLDA série adolescente ficou no ar na ABC de forma tranquila em seus primeiros anos – mas, quando a Disney Channel comprou os direitos, vários episódios foram barrados graças a conteúdos discutindo tópicos polêmicos, como bebida e sexo. A Disney ainda editou cenas de outros capítulos em que coisas do tipo eram mencionadas.

I LOVE LUCYFrequentemente citada como a primeira grande sitcom da TV americana, I Love Lucy foi ao ar em um tempo em que a protagonista Lucille Ball nem mesmo podia usar a palavra “grávida”, porque isso implicava que ela havia feito sexo! Quando Lucille engravidou e a história foi integrada ao seu personagem, a série teve que usar eufemismos, como “esperando um bebê”.

TELETUBBIESSe a polêmica em torno dos Teletubbies fosse que ele é um programa infantil que não faz nada para educar as crianças que o assistem, nós entenderíamos. No entanto, a controvérsia foi outra – muitos grupos religiosos nos EUA acreditavam que o grande sucesso promovia a homossexualidade de maneira implícita, e ameaçaram boicote.

MAIS NOTÍCIAS SOBRE: CINEMA | FAMOSOS | MÚSICA