A Netflix lançou na última sexta-feira (22) a 2ª temporada de Luke Cage, série do serviço de streaming em parceria com a Marvel.

Como não podia deixar de ser, ao longo de seus 13 episódios, o novo ano do seriado trouxe diversas referências e easter eggs para os fãs. Elencamos os 11 principais easter eggs dessa 2ª temporada.

A roupa de Misty


Durante diversas cenas nessa temporada, a Misty Knight aparece usando uma roupa vermelha com um suéter por cima. Os fãs dos quadrinhos sabem o motivo: o vermelho é a cor caraterística da personagem e de seu uniforme nos quadrinhos.

Foggy Nelson

>> CONTINUA APÓS PUBLICIDADE


O melhor amigo do Demolidor volta a aparecer em Luke Cage durante um dos episódios dessa temporada. Mais uma vez, ele age como um auxiliar legal ao herói. Além disso, no mesmo episódio em que Nelson aparece, Cage faz uma referência ao Hulk

Misty e Colleen


A série deu espaço para mostrar a relação de Misty Knight e Colleen, personagem de Punho de Ferro. As duas se uniram para enfrentar alguns vilões, algo que também acontece nos quadrinhos, uma vez que Colleen e Misty são grandes amigas e uma dupla implacável.

Defensores e Punho de Ferro


O 2ª episódio da série faz diversas referências ao tempo em que Luke passou com os Defensores, mas o mais interessante acontece alguns episódios depois, quando o protagonista volta a se encontrar com Danny Rand, o Punho de Ferro. A ocasião também revela uma referência aos Heróis de Aluguel, dupla heroica formada pelos dois personagens.

O novo braço de Misty


Na série, Misty finalmente ganha seu braço mecânico, igual o dos quadrinhos. Entretanto, se originalmente o braço era um presente de Tony Stark, na série de TV algumas mudanças foram feitas: Misty recebeu tal braço de presente de Danny Rand, o Punho de Ferro.

Black Mariah


Uma das principais vilãs dessa temporada é Mariah Dillard, mas ficamos um bom tempo sem ouvir o nome pela qual a personagem é chamada nos quadrinhos: Black Mariah. Felizmente, no episódio The Basement finalmente a personagem é chamada pelo seu codinome vilanesco.

Bushmaster


Outro vilão importante da série é Bushmaster. Ele é bastante famoso nos quadrinhos no personagem, mas na série, sua origem foi bastante modificada, com a série incluindo até mesmo membros da família do personagem que não existiam anteriormente. Entretanto, ele possui habilidade iguais às dos quadrinhos.

Rosalie Carbone


Carbone, interpretada pela atriz Annabella Sciorra, é a líder de uma família de criminosos italiana. Alguns não a conhecem, mas a personagem veio diretamente dos quadrinhos, mas não surgiu nas histórias de Luke Cage e sim nas do Justiceiro.

Enfermeira Noturna


Durante uma cena romântica entre Luke e Claire no primeiro episódio, a música Night Nurse de Gregory Isaacs começa a tocar. A trilha não poderia ser mais ideal: Claire é baseada na Enfermeira Noturna, uma personagem dos quadrinhos da Marvel que costuma ajudar super-heróis que se ferem durante suas missões de salvamento do mundo.

O encontro de Misty e Luke


No episódio If It Ain’t Rough, It Ain’t Right, há algumas referências ao encontro de Misty e Luke quando eles foram “tomar um café” no início da série. Misty ainda revela que Luke disse os nomes Shades e Comanche enquanto dormia, dois personagens importantes da série. No mesmo episódio é ainda revelado que Black Mariah deixou sua filha, Tilda, sendo cuidada pela família Johnson – nos quadrinhos, o nome da personagem é Tilda Johnson.

Blake Tower


Em um dos episódios finais do programa, o advogado Blake Tower, personagem recorrente de Demolidor, aparece na série. Ele possui uma contraparte nos quadrinhos e volta para fazer mais uma ligação entre Luke Cage e Demolidor.