A Netflix nunca se comprometeu com realizar apenas conteúdo amigável para crianças, mas muitas vezes os espectadores podem topar com uma nova série e dar o play sem saber muito sobre ela. Como é o caso de (Des)Encanto, que apesar de ser uma série animada, está longe de ser voltada para o público infantil.

Desenvolvida por Matt Groening, criador de Os Simpsons, a animação se passa em um cenário medieval e gira em torno de uma princesa relutante chamada Bean, e seus dois companheiros de aventuras: um Elfo e seu demônio pessoal.

“Da mesma forma que os especiais do Dia das Bruxas em Os Simpsons, vale tudo em (Des)Encanto”, disse Groening em entrevistas de divulgação da série, que chega nesta sexta-feira (17) na Netflix. “Tem mágica e todo tipo de coisa maluca vai acontecer”, completou.


(Des)Encanto | Críticos não ficaram encantados com série do criador de Os Simpsons para a Netflix

Dessa forma, separamos mais 8 séries da Netflix que definitivamente são inapropriadas para menores:

Castlevania

CASTLEVANIAUm sonho antigo dos fãs da franquia dos video games, a série animada de Castlevania saiu do papel em 2017, pelas mãos da Netflix e de Warren Ellis/Adi Shankar. Fiel ao espírito dos games, Castlevania é uma série animada de terror, que não poupa o espectador dos momentos mais sangrentos, sombrios e duvidosos da história do clã de caçadores que enfrenta Drácula.

ORANGE IS THE NEW BLACKUma das primeiras séries da Netflix, e também um de seus mairoes e mais duradouros sucessos, Orange is the New Black, por sua própria natureza, não poderia ser uma boa série para crianças. Afinal, ela é a história das detentas de uma prisão feminina, e não economiza nos momentos sexuais e violentos que fazem parte dessa rotina, além de abordar temas bem maduros como saúde mental e violência sexual.

BOJACK HORSEMANOutro título da celebrada faixa de animações adultas da Netflix, Bojack Horseman é outro sucesso bastante duradouro da plataforma de streaming. A caminho de sua quinta temporada, a série sobre o astro de cinema decadente que tem cabeça de cavalo é tão ousada, suja, cínica e bizarra quanto você esperaria da premissa.

13 Reasons Why

13 REASONS WHYA polêmica em torno de 13 Reasons Why quando a primeira temporada foi lançada tinha a ver com a natureza explícita das cenas de estupro e suicídio contidas na trama de Hannah Baker e seus colegas de escola. Como os avisos antes dos episódios deixam claro, essa é uma série que não vai virar a câmera quando algo realmente pesado acontecer.

Javier Pena e seu parceiro Steve Murphy em Narcos

NARCOSAchamos bom colocar Narcos nessa lista porque, bom, é claro que a primeira vista você iria pensar que um drama policial pesado sobre a luta contra o tráfico de cocaína internacional era uma boa escolha para assistir em família. Brincadeiras a parte, seja em suas temporadas sobre Pablo Escobar (Wagner Moura) ou não, Narcos é impiedosa com o espectador.

Bob em Stranger Things

STRANGER THINGSA inclusão mais polêmica na nossa lista, Stranger Things quase não possui conteúdo sexual (estamos contando com as leves insinuações entre Jonathan e Nancy, por exemplo), mas nunca hesita em mostrar sangue ou momentos realmente assustadores para o seu público, que é largamente jovem – mas, esperamos, não largamente infantil.

Jon Bernthal como Frank Castle, em O Justiceiro.
Jon Bernthal como Frank Castle, em O Justiceiro.

O JUSTICEIROA Netflix manteve o espírito de O Justiceiro, sua série, bem próximo ao dos quadrinhos da Marvel – precisamos dizer mais alguma coisa? Frank Castle (Jon Bernthal) é um dos personagens mais brutalmente violentos e mais incansavelmente sombrios da editora de HQs, e o mesmo vale para sua adaptação na TV.

BIG MOUTHPara fechar a lista, mais uma (ótima) adição ao campo das animações adultas – Big Mouth é sobre um grupo de personagens entrando na adolescência, e não poupa nenhuma das nojeiras e graças enormemente identificáveis. Prepare-se para muito conteúdo sexual nessa hilária série de animação.