A Marvel é dona de alguns dos personagens mais cativantes dos quadrinhos e com o sucesso de seus filmes no cinema, não demorou muito para que esses personagens fossem levados para TV em séries live-action.

Embora tenha criado séries invejáveis, como Demolidor, Jessica Jones e o recente Manto e Adaga, a editora também pecou em alguns casos ou e episódios específicos. Listamos aqueles que podem ser considerados os piores episódios das séries da Marvel, incluindo alguns de séries realmente boas.

Vingadores 4, Capitã Marvel, Venom e os filmes de super-heróis que vêm por aí


O Justiceiro – Cold Sheel

Neste episódio, Frank acaba ajudando a esposa de Micro e por algum motivo estranho, os dois acabam se beijando. Além da relação forçada dos dois, Micro vê tudo isso acontecer e as coisas ficam bem estranhas. Ao menos o personagem de Billy Russo acaba sendo bem aproveitado no episódio.

Os Defensores – Ashes, Ashes

Neste episódio, o grupo resolve cuidar de Danny porque o Tentáculo está tentando caçar o moço para usá-lo em seus esquemas. É no mínimo entediante ver o time de heróis tendo de cuidar de outro herói como se eles fossem babás. Além disso, o episódio também mostra a morte de Alexandra, a vilã que foi morta por Elektra apenas para chocar o público e não por um motivo realmente bom de desenvolvimento de roteiro.

Runaways – Rewind

O segundo episódio de Runaways quase estragou o desenvolvimento do programa todo. Isso porque, logo depois de verem seus pais realizando suas ações maléficas, o grupo acaba se unindo instantaneamente, como se fossem amigos de longa data e os pais nem notam que eles os estavam espionando. Felizmente, as coisas melhoram nos episódios seguintes.

Punho de Ferro – Black Tiger Steals Heart

Punho de Ferro foi uma série cheia de problemas, principalmente em um dos seus episódios mais importantes. Neste episódio, Danny acaba entrando em uma academia do Tentáculo, apenas para descobrir todos os esquemas da organização em poucos minutos. As lutas do episódio também são bem fracas.

Agents of SHIELD – The Hub

A primeira temporada de Agents of SHIELD chegou a ser bastante criticada por episódios como esse. Sem grandes mistérios, vemos Fitz e Ward em busca de um dispositivo no qual eles conseguem colocar a mão em poucos minutos. Também é criado um mistério em torno da origem de Skye , mas é tão superficial que pouco afeta o espectador.

Demolidor – Kinbaku

Quinto episódio da 2ª temporada, Kinbaku pecou em não conseguir desenvolver o relacionamento entre Matt e Elektra de forma natural. Sem grandes embates, o episódio tem vários flashbacks que cortam o ritmo da narrativa e não conseguem sustentar o relacionamento da dupla.

The Gifted – Extreme Measures

Embora The Gifted seja uma série divertida de assistir, alguns enredos no programa acabam se repetindo e é o que vemos em Extreme Measures. No episódio, novamente vemos os heróis correndo atrás de algo (Thunderbird está procurando por Blink), apenas para eles serem descobertos pelo governo e precisarem se esconder novamente. Isso começa a cansar depois de um tempo.

Legion – Group Therapy

Legion é uma das melhores séries da Marvel e Group Therapy não é um episódio tão ruim, mas ele quebra o ritmo do programa. O episódio anterior, o quinto, chegou a ser muito rápido e divertido. Já esse sexto episódio é lento e só mostra os personagens conversando por longos diálogos.

Agent Carter – A View in the Dark

Esse episódio tentou criar uma situação de tensão para a morte de um dos personagens apresentados na 2ª temporada, mas a falta de informação sobre esse personagem e o modo como o roteiro desenvolve os acontecimentos de A View in the Dark fazem com que o episódio seja tudo, menos empolgante, e a morte que vem em seguida, nada chocante.

Agents of SHIELD – Yes Men

Mesmo a participação da heroína Sif dos filmes do Thor não salvou esse episódio de ser um dos mais estranhos da série. Acontece que o episódio tenta traçar uma conexão com os filmes do cinema de forma forçada ao inserir uma vilã asgardiana que consegue enfeitiçar homens. Sif, com a ajuda da SHIELD, vai atrás da vilã. Não há uma grande história nem um desenvolvimento realmente interessante por parte dos personagens.

Inumanos – …And Finaly: Black Blot

Inumanos foi uma série que começou mal, teve um desenvolvimento mediano e terminou pior ainda. Mesmo cheio de ação, o final foi forçado, com os inumanos resolvendo vir para a Terra apenas para se livrarem de Maximus em uma decisão pouco criativa. Além disso, o final dado para o vilão, trancafiado na Lua com todos os recursos possíveis, não foi um final que ele merecia.