A cerimônia dos Emmy, a maior celebração da Televisão Americana, acontece na segunda-feira (17) e toda a indústria já começa a fazer suas apostas sobre os futuros vencedores.

De forma a ajudar os leitores no bolão, separamos algumas das previsões mais certeiras quanto aos resultados da premiação, que promete trazer algumas surpresas.

Confira:

>> CONTINUA APÓS PUBLICIDADE

MELHOR SÉRIE DE DRAMA – THE HANDMAID’S TALE

Na grande categoria da noite, teremos um embate entre a 2a temporada de The Handmaid’s Tale e o retorno de Game of Thrones, que ficou de fora da última edição devido à exibição tardia. Mesmo que nenhuma das temporadas tenha tido uma resposta tão forte quanto suas anteriores, os Emmys podem ceder ao espetáculo da HBO ou ao importante comentário social da série da Hulu. Porém, não esqueçam The Americans, que nunca ganhou o Emmy e agora concorre por sua temporada final.

The Handmaid’s Tale | Primeiras Impressões – 2ª Temporada

MELHOR ATRIZ EM SÉRIE DE DRAMA – ELISABETH MOSS VS KERI RUSSELL

Na última temporada de prêmios, Elisabeth Moss era sinônimo de vitória, e a atriz carrega consigo o favoritismo por seu trabalho inebriante na segunda temporada de The Handmaid’s Tale. Porém, não podemos nos esquecer de Keri Russell, que sempre foi lembrada por The Americans, mas nunca ganhou. Sendo a temporada final da série da FX, o Emmy tem o hábito de lembrar de astros em suas despedidas, como foi o caso de Jon Hamm na temporada final de Mad Men. Ainda mais porque Russell é simplesmente fantástica na série.

The Americans | Co-criador afirma que série é sobre “momentos do casamento de partir o coração”

MELHOR ATOR EM SÉRIE DE DRAMA – STERLING K. BROWN (THIS IS US)

Outro nome que também foi um strike de vitórias na temporada passada foi o de Sterling K. Brown, que segue comovendo na segunda temporada do drama This is Us. Pode não ter sido um trabalho tão grandioso quanto sua vitória anterior, mas Brown vem de um momentum muito poderoso na indústria, desde a própria série da NBC até sua filmografia nos cinemas, que só fica mais forte. Mas, assim como Moss enfrenta Russell por The Americans, o ator também tem Matthew Rhys como grande disputa.

This Is Us | Especial de 1 hora será exibido antes da estreia da 3ª temporada

MELHOR ATRIZ COADJUVANTE EM SÉRIE DE DRAMA – THANDIE NEWTON (WESTWORLD)

Ainda que a segunda temporada de Westworld não tenha sido tão marcante quanto o ano de estreia, é difícil ir contra espetacular Thandie Newton, que segue executando um trabalho memorável como Maeve. Com dilemas e reviravoltas ainda mais complexas, Newton pode ganhar a estatueta que mereceu na primeira temporada, mas não fique surpreso se algumas das coadjuvantes de The Handmaid’s Tale roubar a cena.

Westworld | TUDO o que já sabemos sobre a misteriosa 3ª temporada

MELHOR ATOR COADJUVANTE EM SÉRIE DE DRAMA – DAVID HARBOUR (STRANGER THINGS)

É um grupo menos expressivo do que edições passadas, e com menos apelo do que as categorias principais, mas ainda temos boas apostas. Um dos grandes acertos da 2ª temporada de Stranger Things é justamente a performance de David Harbour como Jim Hopper, que ganha mais espaço para uma camada dramática ao cuidar de Eleven como sua própria filha.

Stranger Things | Livro da série promete revelar mistérios de Hawkins e do Mundo Invertido

MELHOR SÉRIE DE COMÉDIA – ATLANTA

Comédia é uma categoria que fica cada vez mais sofisticada na TV, com os Emmy prometendo uma corrida acirrada. Ainda The Marvelous Mrs. Maisel e Barry sejam novidades empolgantes, o patamar de Atlanta ainda é altíssimo, seja na categoria de comédia ou drama. O humor peculiar da trupe de Donald Glover traz algumas das pérolas mais geniais que a TV contemporânea já viu, então é seguro apostar em uma nova vitória da série do FX.

Atlanta | Terceira temporada será exibida pela Fox Premium no Brasil

MELHOR ATRIZ EM SÉRIE DE COMÉDIA – RACHEL BROSNAHAN (THE MARVELOUS MRS. MAISEL)

Mesmo que The Marvelous Mrs. Maisel não ganhe como melhor série de comédia, Rachel Brosnahan é a favorita na categoria de atriz. A protagonista é o motivo pelo qual a série da Amazon funciona tão bem, e o trabalho de Brosnahan é requintado e hilário, interpretando uma mulher divorciada que resolve se aventurar no stand up, em plena década de 60.

The Marvelous Mrs. Maisel é renovada para 3ª temporada na Amazon

MELHOR ATOR EM SÉRIE DE COMÉDIA – DONALD GLOVER (ATLANTA)

O favoritismo de Atlanta se estende a seu elenco, e Donald Glover é o grande merecedor. Bill Hader pode causar barulho com seu trabalho em Barry, mas o que Glover faz na segunda temporada – especialmente no perturbador “Teddy Perkins”, onde interpreta uma figura à lá Michael Jackson. Glover tem mais um prêmio garantido.

Deadpool | Presidente da FX fala sobre a série cancelada de Donald Glover

MELHOR ATRIZ COADJUVANTE EM SÉRIE DE COMÉDIA – ALEX BORSTEIN (THE MARVELOUS MRS. MAISEL)

Juntando-se ao favoritismo de Rachel Brosnahan em The Marvelous Mrs. Maisel, Alex Borstein tem um dos papéis mais leves e apaixonantes da série, e o fato de já ter concorrido múltiplas vezes ao Emmy pode lhe dar uma vantagem. A popularidade da série deve garantir mais uma vitória aqui, mas a comediante Kate McKinnon, do Saturday Night Live, é uma força da natureza e já vem com duas vitórias consecutivas. Fiquem de olho.

MELHOR ATOR COADJUVANTE EM SÉRIE DE COMÉDIA – HENRY WINKLER (BARRY)

Talvez seja a única vitória da nova comédida da HBO nesta edição do Emmy, e faria justiça a Henry Winkler, que interpreta um professor de educação física na série. Winkler não é indicado a um Emmy desde o ano 2000, e nunca ganhou, sendo uma boa oportunidade de enfim reconhecer seu trabalho, que é divertidíssimo em Barry. Mas fiquem de olho em Bryan Tee Henry (Atlanta) e Tony Shaloub (The Marvelous Mrs. Maisel).

MELHOR MINISSÉRIE OU TELEFILME – O ASSASSINATO DE GIANNI VERSACE: AMERICAN CRIME STORY

Ryan Murphy reina nessa categoria, e O Assassinato de Gianni Versace parece ser o favorito. Um resultado bem menos eficiente do que o espetacular ano de estreia, com O Povo contra OJ Simpson. Sem uma grande competição, o novo ano de American Crime Story deve levar o troféu facilmente.

The Assassination of Gianni Versace: American Crime Story | Primeiras impressões

MELHOR ATRIZ EM MINISSÉRIE OU TELEFILME – LAURA DERN (THE TALE)

Estamos vivendo em uma maravilhosa renascença de Laura Dern. Após despontar em Big Little Lies, Twin Peaks e Star Wars: Os Últimos Jedi no mesmo ano, a atriz é favorita para levar mais um Emmy, agora por sua atuação no elogiado The Tale. Interpretando uma mulher que vai lembrando de seu perturbador passado de violência sexual, Dern é mais uma aposta segura.

Crítica | The Tale

MELHOR ATOR EM MINISSÉRIE OU TELEFILME – DARREN CRISS (O ASSASSINATO DE GIANNI VERSACE: AMERICAN CRIME STORY)

Ainda que particularmente não tenha gostado da segunda temporada de American Crime Story, é inegável o quão bom foi a performance de Darren Criss. Vivendo o serial killer Andrew Cunanan, o trabalho do ex-Glee é formidável, especialmente pelo carisma e a forma como consegue exibir o charme e manipulação de um sociopata. Um grande trabalho, e uma das certezas da noite.

Ryan Murphy vai doar todo o lucro de nova série para organizações LGBT

Deixe o seu comentário