Com o reboot mais macabro de O Mundo Sombrio de Sabrina chegando à Netflix na última semana, fãs calorosos do gênero terror certamente encontraram diversas referências a outras obras na série.

Seja através de referências em diálogos, tema ou homenagens visuais, separamos 10 obras que acabaram sendo abordadas.

Confira abaixo.


O Mundo Sombrio de Sabrina | Elenco revela como reagiu ao final da 1ª temporada

A BRUXA

Há diversas similaridades entre O Mundo Sombrio de Sabrina e o terror da A24, especialmente na presença de um bode para representar o Diabo. Mais especificamente, todo a representação do satanismo como live arbítrio também condiz com o filme de XX, assim como a sequência de pesadelo onde Sabrina caminha nua pela floresta, sendo uma imagem similar à de Anya Taylor-Joy no terror.

HALLOWEEN: A NOITE DO TERROR

Uma referência mais discreta, mas a forma como os cartões títulos nos dois primeiros episódios, que antecipam a chegada de Halloween, são similares com o filme original de John Carpenter.

Freddy Krueger

A HORA DO PESADELO

Aqui, o clássico de Wes Craven que introduziu Freddy Krueger ganha uma referência em um sentido mais voltado à mise en scene. Quando Sabrina é colocada sob um feitiço de X, ela segue uma garota ensaguentada pelos corredores da escola, saindo da sala de aula como se ninguém a notasse. É muito parecido com um dos primeiros pesadelos de Nancy em A Hora do Pesadelo, quando segue o fantasma ensaguentado de Tina pela escola.

O EXORCISTA

Com Sabrina lidando com o Diabo em diversas ocasiões, é praticamente impossível falar sobre o tema e não recorrer ao clássico de William Friedkin. Mas em uma cena específica, temos a recriação direta do momento em que o padre de Max Von Sydow estuda um artefato de Pazuzu, e o contato faz o pêndulo de um relógio parar subitamente. O mesmo acontece quando Sabrina é surpreendida pelo Senhor das Trevas, que possui o diretor Hawthorne. Isso sem falar no sexto episódio da série, que gira todo em torno de um exorcismo.

A MORTE DO DEMÔNIO

Outro clássico quando o assunto é demônios, A Morte do Demônio ganha um aceno honroso aqui. Quando Sabrina tenta fugir do Batismo das Trevas, os galhos e raízes da floresta tentam conter a protagonista, da mesma forma que acontecia no filme de Sam Raimi, e também no remake de Fede Alvarez.

A NOITE DOS MORTOS-VIVOS

Logo no primeiro episódio, somos apresentados a Sabrina e seus amigos em uma sessão do clássico A Noite dos Mortos-Vivos, de George A. Romero. Mesmo sendo uma referência dentro da história, vale apontar que Harvey imita a famosa frase “Eles vão te pegar Barbara”! ao levar Sabrina de volta ao mortuário, e tal frase acontecia em um cemitério no filme de Romero.

O BEBÊ DE ROSEMARY

Todas as sequências de alucinação e pesadelos de Sabrina, com forte presença de uma fotografia vermelha e a imagem do Senhor das Trevas com sua monstruosa cabeça de bode remetem ao terror de Roman Polanski, especialmente no que diz à montagem mais alucinógena – além de uma dessas cenas envolver a presença de um bebê na floresta.

A ALDEIA DOS AMALDIÇOADOS

Sabrina passa por maus bocados durante sua chegada na Academia de Artes Ocultas, especialmente com o trote das Irmãs Estranhas. Recorrendo à ajuda dos fantasmas de crianças que morreram durante outras atividades da Academia, seus olhos acendem-se de forma idêntica ao sinistro grupo do filme de 1960; sem falar que o penteado “tigela” de Quentin é igualzinho ao estilo de algumas das crianças.

SUSPIRIA

Não só Sabrina e Suzy Bannion encontram-se em academias sinistras comandadas por bruxas, mas a série da Netflix também traz uma referência visual ao clássico de Dario Argento em sua decoração, com a porta do escritório do Diretor da Academia de Artes Ocultas sendo um dos vitrais visto no longa. O mortuário das Spellman também traz algumas peças de decoração similares, em uma boa sacada do diretor de arte do projeto.

INVOCAÇÃO DO MAL

Não é uma referência unicamente da saga de horror capitaneada por James Wan, mas vemos uma referência ao demônio Valak em um livro, que tem a forma da Freira na franquia Invocação do Mal. Mais um desafio para Spellman no futuro?

A 1ª temporada de O Mundo Sombrio de Sabrina está disponível na Netflix.

O Mundo Sombrio de Sabrina | Crítica – 1ª Temporada