Mais uma cerimônia do Globo de Ouro se passou, com Andy Samberg e Sandra Oh apresentando a premiação em Los Angeles no último domingo (6).

Aqui, separamos alguns dos melhores e piores momentos da cerimônia, que não envolvem exatamente vitórias ou esnobadas, mas sim acontecimentos ao longo da cerimônia.

Confira abaixo.


Globo de Ouro 2019 | As maiores surpresas e injustiças da premiação

PIOR: APRESENTAÇÃO DE ANDY SAMBERG E SANDRA OH

A ideia de juntar Andy Samberg (Brooklyn Nine Nine) e Sandra Oh (Killing Eve) era interessante, especialmente após a dinâmica da dupla no Emmy. Infelizmente, o trabalho dos dois na apresentação foi desastrosa. Sem muita química, diversão ou boas piadas em mãos, Samberg e Oh garantiram uma das apresentações mais tediosas e sem graça dos últimos anos. Saudades do ácido Ricky Gervais.

MELHOR: EMMA STONE SE DESCULPA

Ainda que a apresentação de Samberg e Oh tenho sido fraca, especialmente no péssimo monólogo de abertura, tivemos um discreto momento de ouro: quando a atriz de Killing Eve menciona filmes como Ghost in the Shell e Sob o Mesmo Céu – produções criticadas por White Washing de papéis asiáticos – e do fundo ouvimos Emma Stone gritando “me desculpe!”, já que a atriz estrelou o criticado filme de Cameron Crowe.

MELHOR: CHRISTIAN BALE AGRADECE A SATÃ

Bem, isso foi inesperado. Ao vencer o Globo de Ouro de Melhor Ator em Filme de Comédia ou Musical por Vice, um alterado Christian Bale agradeceu a Satã pela inspiração no papel, onde viveu o ex-vice presidente Dick Chenney. Pra deixar a situação mais bizarra, a conta oficial da Igreja de Satã no Twitter parabenizou o ator. Ok, então!

PIOR: AS PIADAS

Já há um tópico reclamando da apresentação de Andy Samberg e Sandra Oh, mas os roteiristas da cerimônia merecem alguns puxões de orelha. O momento em que a dupla faz diversos trocadilhos com filmes de Jack Nicholson para trocar o público foi um desses momentos de humor sem graça, que acertou pouquíssimas bolas dentro.

PIOR: PARÓDIA DO PEDIDO DE CASAMENTO

Na última edição do Emmy, todos pararam para se maravilhar com o inesperado pedido de casamento de um dos diretores, que propôs a sua namorada no palco, logo após receber um prêmio pela direção do Oscar. Desastrosamente, Amy Pohler e Maya Rudolph fazem uma paródia daquele belo momento antes de entregar um dos prêmios do Globo de Ouro, em só um dos exemplos de humor constrangedor da noite.

MELHOR: WAKANDA FOREVER!

A presença de Pantera Negra é uma das grandes alegrias da noite, especialmente pelo forte fator de representatividade do elenco e por ser uma produção de super-heróis. Quando Chadwick Boseman, Lupita Nyong’o, Danai Gurira e Michael B. Jordan subiram ao palco para apresentar o filme, o elenco soltou um icônico grito de “Wakanda Forever”, que o público não parece cansado de ouvir e admirar.

MELHOR: A HOMENAGEM A JEFF BRIDGES E CAROL BURNETT

Homenagens na cerimônia sempre são divertidas, mas o Globo de Ouro 2019 conseguiu emocionar ao trazer um longo segmento para celebrar a carreira da lendária Caron Burnett, e também para apresentar o prêmio Cecil B. DeMille ao ator Jeff Bridges. Uma boa pausa para celebrar alguns trabalhos mais memoráveis do que aqueles que de fato concorriam aos prêmios da noite, que representou uma safra fraca.

Globo de Ouro 2019 | A lista completa dos vencedores