CUIDADO! A LISTA PODE CONTER SPOILERS!

Titãs, inspirada nos quadrinhos da DC, teve boas críticas após a sua primeira temporada. Muito disso se deu por conta do tom sério e sombrio que a trama do seriado carrega.

O grupo formado por Robin (Brenton Thwaites), Mutano (Ryan Potter), Estelar (Anna Diop), Ravena (Teagan Croft), Columba (Minka Kelly) e Rapina (Alan Ritchson) não conta apenas com cenas de violência explícita. Há também o drama e os desafios que os adolescentes devem passar.


Pensando nisso, os momentos mais sombrios de Titãs foram destacados abaixo. Enquanto isso, os episódios da série da DC podem ser conferidos na Netflix no Brasil.

Titãs | Os heróis mais poderosos da série rankeados do mais forte ao mais fraco

A origem de Ravena

A origem da personagem foi feita conforme a própria de Ravena, misteriosa e bem sombria. Como se sabe, a heroína é filha do demônio Trigon e de uma humana chamada Angela. No episódio de estreia de Titãs, a personagem entra para o mundo do heroísmo após a sua mãe adotiva, Melissa, ser brutalmente assassinada.

Na cena, Rachel – o verdadeiro nome de Ravena, chega da escola e encontra a sua mão adotiva sendo feita de refém por membros do culto de Trigon. Os homens queriam saber a verdadeira linhagem de Ravena. Ao não contar, Melissa é assassinada com um tiro na cabeça.

A cena é importante porque faz com que Ravena use os seus poderes. Isso a leva para Detroit, onde conhece Dick Grayson.

A trilha de sangue de Batman

No episódio final da primeira temporada, Dick Grayson está preso em um pesadelo, por conta de Trigon. No entanto, essa realidade alternativa é bastante macabra.

Nela, o Coringa assassina o Comissário Gordon e o Batman enlouquece. O Homem-Morcego passa a assassinar todos os vilões de Gotham, deixando um verdadeiro rastro de sangue. Entre os vilões mortos está o Charada, por exemplo.

O fato leva a Dick Grayson revelar a identidade de Batman para o mundo, para que uma força-tarefa pare ele. É quando isso faz com que uma das maiores cenas de ação envolvendo o Homem-Morcego surge na telinha. No meio da batalha, Bruce Wayne chega a cortar o rosto do novo Comissário com uma batarang.

Nunca mais, Robin

Parte da primeira temporada de Titãs é sobre Dick Grayson lutar com o fato de ter sido o primeiro Robin. O vigilante encara principalmente o fato de sentir vontade de matar os vilões. Isso com certeza é algo que foi condicionado por Batman.

No sétimo episódio da primeira temporada, Asylum, Dick deixa, de uma vez por todas, o manto de Robin para trás. Na trama, o herói e os Titãs resgatam Angela de um hospício comandado por seguidores de Trigon. Ao conseguirem deixar o local, Dick pede para que Estelar coloque fogo na estrutura. Ao mesmo tempo, o personagem deixa o traje de ajudante do Batman pegando fogo.

O abuso sexual em Rapina

No início de Titãs, especificamente no segundo episódio – que tem o título de Rapina e Columba, os fãs descobrem que Columba e Rapina eram antigos parceiros de combate de Robin. No entanto, o ajudante do Batman namorou a Columba, o que deixou o trio em uma situação estranha.

Ao longo da série, pode-se até acreditar que esse é o motivo de o Rapina ter um ar muito sério. No entanto, tudo é revelado no nono episódio da primeira temporada, Hank e Dawn. Durante a infância, o Rapina foi abusado por seu treinador de futebol.

É descoberto que Hank fez tudo para que o seu irmão mais novo, Don, não tivesse sido mais uma vítima do treinador. Ao longo dos episódios do primeiro ano, a dupla busca vingança ao encontrar o criminoso que vitimou o Rapina e outras crianças.

A morte do Batman

O Batman morrer em qualquer iteração da DC, por si só, já é bastante sombrio. Mas, Titãs levou isso a um outro patamar. Tudo acontece no episódio final da primeira temporada, que tem o título de Dick Grayson.

Trigon consegue manipular o primeiro Robin em seu pesadelo. O demônio, de maneira esperta, interpreta o Batman dessa ilusão, levando Dick Grayson ao seu limite. O herói cede a tudo que tentou combater durante a primeira temporada após o pai de Ravena, no pesadelo, assassinar Estelar com uma arma de gelo.

O fato fez com que Dick Grayson explodisse toda Mansão Wayne, caçasse o Batman e o matasse. O foco no rosto de Robin no momento do assassinato é algo assustador. Além disso, é um claro indicativo que a segunda temporada será ainda mais sombria.

Ao matar o Batman, Dick Grayson permite que Trigon o controle também no mundo real. Resta saber como os Titãs lidarão com essa nova ameaça.