The Walking Dead é uma das séries mais populares do momento, tanto que deu origem a um spin-off chamado Fear the Walking Dead.

Entretanto, o que muitos não esperavam é que o derivado se saísse melhor em desenvolver alguns detalhes do que a série original. Resolvemos listar tudo o que Fear the Walking Dead faz melhor do que The Walking Dead:

The Walking Dead | Explicamos quem são os Sussurradores, os novos vilões da 9ª temporada


A introdução de novos personagens

Enquanto The Walking Dead parece introduzir novos personagens apenas para matá-los em seguida, o derivado trabalha de outra forma. Há uma preocupação com os novos personagens, de modo que seu desenvolvimento sempre é bem profundo.

A explicação para os furos na história

Fear the Walking Dead tem se preocupado em explicar detalhes da história para que a série não possuo furos. Isso foi notado quando Morgan se uniu ao programa: toda a sua viagem até a nova comunidade foi detalhada, de modo que nenhum furo ficou entre as duas séries.

A introdução dos zumbis

Enquanto The Walking Dead se passa algum tempo depois do começo da infestação zumbi, Fear the Walking Dead se dedicou a explicar durante alguns episódios como os sobreviventes tiveram que lutar contra esses monstros nessa infestação inicial. Foi bem assustador.

A exploração do mundo

The Walking Dead tem prometido explorar todas as facetas do mundo apocalíptico, mas quem tem feito isso é Fear the Walking Dead. O derivado tem apresentado diversas comunidades com novos personagens bem estruturados nesse universo.

As coisas andam rápido

Enquanto The Walking Dead tenta desenvolver um personagem por vez, tornando a história lenta, o derivado tem realizado algo diferente. São vários personagens com diversos problemas ao mesmo tempo, de modo que a história se desenrola rápido e não temos arcos tão grandes.

A união do grupo

The Walking Dead apresenta um número grande de personagens, mas muitas vezes eles são descartados rapidamente. O derivado foca em um grupo mais conciso, e justamente por isso, mais unido. Desse modo, sempre que um personagem morre, sua morte é sentida pelos demais.

A evolução dos sobreviventes

Em The Walking Dead, os personagens são bem fechados em suas características primarias. O mesmo não acontece no derivado. Um exemplo: Dorie era mostrado como um alívio cômico, entretanto, sua história evoluiu a ponto de ele até mesmo ganhar um emocionante arco romântico.

O filtro da câmera

Os primeiros episódio de The Walking Dead utilizavam um filtro incomum para oferecer ao espectador a sensação de terror. Fear the Walking Dead agora utiliza esse mesmo filtro, mas somente em cenas específicas, para realçar ainda mais a tensão de algumas sequências.

Personagens mais sombrios

O derivado tem conseguido manter as características mais sombrias de alguns de seus personagens. Enquanto Daryl e Micchone foram se tornando cada vez menos duros no original, no derivado, Madison abraçou ainda mais seu pior lado, ao passo que Alicia continua chocada com tudo o que acontece ao seu redor.

Os Easter Eggs

Justamente por ser um derivado, Fear the Walking Dead apresenta diversos Easter Eggs. Alguns podem ser notados quando eles encontram as gravações de Althea, que fazem referência a Abraham e Eugene.