The Umbrella Academy, adaptação da Netflix para a famosa série em quadrinhos de mesmo nome, tem sido bastante elogiada por fãs do material original e por críticos em geral.

Entretanto, mesmo se mostrando bastante fiel às HQs, o seriado poderia ter adicionado alguns de elementos dos quadrinhos que o tornariam mais interessante. Resolvemos listar 7 deles logo abaixo:

The Umbrella Academy | Tudo o que queremos na segunda temporada da série da Netflix


A origem alien de Hargreeves

Nos quadrinhos, Hargreeves, a mente por trás da Umbrella Academy, é na realidade um alienígena que buscava ajudar a humanidade com sua inteligência. Na série, há alguns indícios de que o personagem não seria um simples humano, mas nunca é de fato revelado que ele veio de outro planeta.

Uma extensão da história do número 5

The Umbrella Academy

Na série, descobrimos que após Cinco deixar a Umbrella Academy, ele passa por uma série de experimentos na Temps Aeternalis. Nos quadrinhos, esses experimentos, que retiram as emoções de Cinco por um tempo, são mais bem desenvolvidos, enquanto que o seriado só os mostrou rapidamente. Seria interessante ter visto essa passagem da vida de Cinco com mais detalhes.

A loucura de Hazel e Cha-Cha

Uma das mudanças que a série fez foi tornar Hazel e Cha-Cha menos malucos. Nos quadrinhos, eles são realmente psicóticos e não medem esforços para alcançar seus objetivos. Na série, a dupla parece mais dois burocratas insatisfeitos com o seu trabalho.

A influência de Hargreeves

Na série, sabemos que Hargreeves é um homem muito rico que se importa com a humanidade e adotou os heróis da Umbrella Academy com o intuito de ajudar todas as pessoas.

Entretanto, nos quadrinhos descobrimos que ele foi muito mais influente do que toda a humanidade poderia pensar.  Ele ajudou a dar sensibilidade a chipanzés e até mesmo criou um cinto de levitação – algo que não vemos na série da Netflix.

O momento de lidar com Vanya

A série da Netflix parece ter alguns problemas em lidar com a violência dos quadrinhos de Umbrella Academy e justamente por isso, o momento da luta contra Vanya é um tanto quanto desapontador. Há quase um desperdício do talento de Ellen Page nessa cena.

A Temps Aeternalis

A série da Netflix não soube usar bem a organização Temps Aeternalis. No programa, ela chega a ser chamada de “A Comissão”, mas a verdade é que ela não é uma simples organização. Seria interessante se a Netlfix tivesse usado uma nomenclatura melhor para um elemento tão importante na história da série e dos quadrinhos.

Os poderes de Klaus

Nos quadrinhos, Klaus é morto por Cha-Cha e Hazel, mas isso não impede que ele volte do purgatório. Com seu espírito, ele possuí o corpo de Cha-Cha, mata Hazel e depois Cha-Cha. Ele também impede que a lua destrua a Terra, mostrando que a extensão de seus poderes paranormais é gigante.