Desde que teve início de forma mais contida em 2014, a franquia John Wick rapidamente veio se firmando como um alto patamar do cinema de ação norte-americano.

Ainda que traga diversas inovações e uma execução invejável, há outros filmes do gênero que ajudaram a inspirar a franquia com Keanu Reeves, que agora estreia John Wick 3: Parabellum.

Confira abaixo algumas obras que inspiraram John Wick. 


Operação Invasão

Se há um grande responsável por John Wick, é Operação Invasão. Os filmes tailandeses de Gareth Evans são verdadeiras obras-primas no quesito coreografia de lutas, apresentando pancadarias violentas, elaboaradas e filmadas em planos longos. Não por acaso, Yayan Ruhian e Cecep Arif Rahman, de ambos os filmes, têm uma cena de luta em John Wick 3: Parabellum.

A Vilã

Ainda estendendo-se ao cinema de ação asiático, John Wick 3: Parabellum praticamente recria uma das cenas de A Vilão. No caso, é a sequência em que John é atacado por motoqueiros armados com katanas, em uma intensa cena de perseguição.

007 – Operação Skyfall

John Wick deve muito à franquia 007, especialmente no quesito de gadgets e armas elaboradas. Mas principalmente, toda sua estética voltada para o neon e fotografia vibrante parece inspirada por Operação Skyfall, que fez história com a cena de luta sobre um holograma azulado.

Desejo de Matar

Muitos filmes poderiam ocupar esse espaço, no que diz respeito à jornada de vingança de um homem só. O longa com Charles Bronson – não o remake com Bruce Willis – é um bom exemplo da violência que um homem só é capaz de fazer, especialmente ao ser motivado por uma perda pessoal.

Oldboy

Mais uma forte referência no quesito direção e coreografia, Oldboy é um surpreendente e imperdível filme sul-coreano. Narra a história de um homem que busca vingança (mais um tema recorrente) após um confinamento misterioso, e traz cenas de pancadaria realistas e impressionantes, a mais memorável delas envolvendo um martelo e um corredor cheio de capangas.

Matrix

Talvez seja mesmo por conta de Matrix que John Wick sequer existe. Não só pela popularização de artes marciais e a estilização dos tiroteios, mas por unir Keanu Reeves e os diretores Chad Stahelski e David Leitch – que na época, trabalharam como dublês e supervisores de ação no longa das irmãs Wachowski.

Fervura Máxima

O cinema de John Woo é outra forte referência para o estilo de Stahelski e a franquia num todo. Mais especificamente, o que Woo chama de “Gun Fu”, que envolve a estilização de tiroteios. Um grande exemplo fica no excelente Fervura Máxima, que ainda conta com a imortal sequência da fuga pelo hospital.

Busca Implacável

Um exemplo mais recente, e um tanto distante no quesito estilo, mas condizente na temática. Seja por pegar um ator veterano e jogá-lo na ação, ou pela ideia de termos um assassino aposentado que traz habilidades formidáveis, Busca Implacável é uma referência clara. 

Neste terceiro filme da franquia, John Wick é excomungado da organização de assassinos após matar um membro do alto conselho no Continental. Isso inicia uma recompensa milionária por sua cabeça que atrai alguns dos matadores mais perigosos do mundo, que tentam capturá-lo enquanto tenta fugir da cidade de Nova York.

O elenco principal de John Wick 3: Parabellum conta com Keanu Reeves, Halle Berry, Ian McShane, Laurence Fishburne, Anjelica Huston, Robin Lord Taylor e Jason Mantzoukas.

A direção fica por conta de Chad Stahelski, que dirigiu o segundo filme.

John Wick 3: Parabellum está em exibição nos cinemas.