Atenção! Contém spoilers de Hellboy.

O novo filme de Hellboy, protagonizado por David Harbour, não fez sucesso entre os críticos de cinema. Com sua estreia nos Estados Unidos, muitos apontaram o reboot como um dos piores dos últimos tempos.

Segundo o diretor Neil Marshall, o filme é bem mais fiel aos quadrinhos de Hellboy do que os longas comandados por Guillermo Del Toro. Mark Mignola, o criador do personagem, também estava envolvido na produção.


No entanto, nem tudo pôde ser mostrado da mesma forma que nas HQs. Confira abaixo as principais diferenças entre o novo filme de Hellboy e os quadrinhos.

A chegada na Inglaterra

Nos quadrinhos, após uma guerra brutal contra os exércitos de Baba Yaga, Hellboy fica à deriva pensando em seu futuro. Recluso e contemplativo, ele resolve se refugiar na Itália por um tempo. Lá, ele recebe uma carta do Clube Osiris, e resolve voltar para a ação em Londres. No filme, é o professor Broom (Ian McShane) que convence Hellboy a ir para a Inglaterra derrotar gigantes. A razão da depressão do personagem também é diferente: ao invés de se relacionar com Baba Yaga, ela nasceu após o anti-herói matar um ex-colega.

A Caçada Selvagem

Essa HQ, produzida por Mignola e Duncan Fegredo, foca na traição do Clube Osiris, destruído por 6 gigantes. Hellboy consegue escapar após ser nocauteado por uma flor mágica, e em sua fuga, ele reencontra a vidente Alice Monaghan. Já no filme, apenas 3 gigantes atacam o Clube Osiris, e Alice Monaghan o resgata Hellboy de um rio. Diferentemente das HQs, Alice é vista mais como uma irmã mais nova, ao invés de um interesse amoroso.

Merlin, o Mentor

A HQ “A Tempestade e a Fúria foca em Morgana Le Fay. A mística revela para Hellboy a verdade sobre sua linhagem: ele é o fruto da união de um demônio com uma descendente do Rei Arthur. No filme, é Merlin quem revela para Hellboy o grande segredo. O mago invoca a Excalibur, mas Hellboy se recusa a utilizá-la em batalha. A atitude acaba provocando a morte de Merlin.

A Grande Batalha

Nas HQs “Caçada Selvagem” e “A Tempestade e a Fúria”, as batalhas épicas são comparadas com as O Senhor dos Anéis. Em sua busca por Nimue, Hellboy enfrenta exércitos de mortos e a própria feiticeira, que se transforma em um dragão. No filme, Hellboy recebe uma visão na qual é o Rei do Inferno, comandando exércitos montado em um dragão. Parte dessa legião de demônios surge quando Nimue controla o herói na batalha final, mas diferentemente das HQs, no filme o herói não chega a enfrentar a tropa. Todos os demônios voltam ao inferno quando Hellboy corta a cabeça de Nimue com a Excalibur.

O destino de Gruagach

Nos quadrinhos, o javali gigante é parte crucial da história. Como um dos principais ajudantes de Nimue, ele desempenha diversas tarefas para a feiticeira. Porém, quando ele critica seu plano, ela o abandona para morrer enforcado em uma árvore. No filme, o destino do personagem é um pouco diferente. Ele insiste em matar Hellboy, contrariando as ordens de Nimue. Após o monstro insultar o plano da personagem de Milla Jovovich, ela o executa e o deixa para trás em uma poça de sangue.

Dirigido por Neil Marshall (Game of Thrones), o filme traz novamente a história de Hellboy (David Harbour), o filho de demônios que escapa do inferno para se tornar um herói após ser criado pelo benevolente Professor Bruttenholm (Ian McShane).

O elenco ainda conta com Milla Jovovich como Ganeida, uma poderosa feiticeira; Daniel Dae Kim como o Major Ben Daimio; e Sasha Lane como Alice Monaghan, o novo interesse amoroso do anti-herói.

A estreia de Hellboy no Brasil está marcada para 16 de maio.